Título (têxtil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}

O título de um produto têxtil é representado por um número que expressa uma relação entre um determinado comprimento e o peso correspondente.

Os fios são conjunto de fibras entrelaçadas, que formam um cilindro de diâmetros irregulares ao longo do seu comprimento. Essa grande irregularidade revelada nos mencionados diâmetros torna-se impossível de ser medida a olho nu ou, mesmo, com o auxilio de aparelhos micrométricos.

Havendo necessidade de classificar os fios, estabelecendo as necessárias diferenças entre os mesmos e servindo de orientação nas transações comerciais, no seu uso para a fabricação de determinado tecido ou na comparação de um fio com outro, foi então criada uma forma de expressar, o diâmetro do fio, o que ficou conhecido como "titulação" de fios ou "numeração" de produtos de fiação, de vez que o mencionado processo se estende aos demais produtos, tais como mantas, fitas, pavios, filamentos, etc.


A titulação está dividida em dois grandes grupos, partindo cada um deles de princípios diferentes:

  • Grupo Indireto;
  • Grupo Direto.

Titulação de produtos Singelos[editar | editar código-fonte]

A titulação de fios singelos é aquela que determina o número do fio quando se apresenta isoladamente, isto é, sob a forma de um único fio.

Titulação de produtos Retorcidos[editar | editar código-fonte]

Chamamos de fios retorcidos àqueles que são formados por dois ou mais fios (ou cabos), os quais foram retorcidos entre si. É representado seguindo os seguintes critérios:

  • Retorção de fios de mesmo titulo: faz-se a representação escrevendo o título de um dos cabos seguido de uma barra (/) acompanhada pelo número de cabos que compõem o fio.

Ex: 30/2, 40/3.

Quando da retorção de filamentos contínuos, a representação é feita escreven¬do-se o número de cabos, seguido do título de cada cabo e do respectivo número de filamentos. Ex.: 2/140/30, 3/150/32.

  • Retorção de fios de vários cabos de títulos diferentes: coloca-se o sinal de adição entre os cabos componentes.

Ex.: 28+24+22,18+20+21+24.

  • Título resultante de um fio retorcido: O título resultante é o nome que se dá ao título de um fio retorcido. O valor numérico desse título resultante deve ser seguido da letra "R".

Ex.: Fio 40/2 = 20R.

Título resultante[editar | editar código-fonte]

O título depois do retorcimento é chamado de título resultante (TR). Para calcular o título de um fio retorcido devemos obedecer às seguintes condições:

  • Os títulos de todos os cabos que formam o fio retorcido devem ser expressos em um mesmo sistema de titulação;
  • O título resultante também será expresso no mesmo sistema usado para titular os cabos.

A titulação de um fio retorcido pode ser obtida dos Grupos de Titulação Direto e Indireto.

Para o Sistema Direto de titulação o título resultante é igual ao somatório dos títulos dos fios contidos no mesmo cabo.

Falhou ao verificar gramática (erro léxico): TR=T_1+T_2+T_3+…+T_n .

Ex.: Determinar o título resultante de um fio retorcido com fios 28 , 24 e 22 tex. TR=22+24+28=74R

No caso do Sistema Indireto devemos levar em consideração três casos distintos:

  • Retorção de fios de mesmo título.

TR= T/(n° de cabos) Ex: Retorcer 3 cabos de títulos 60's. TR= 60/3=20R

  • Retorção de fios de títulos diferentes.

TR= (T_1 × T_2)/(T_1+ T_2 ) Ex.: Retorcer 2 fios de títulos 30's e 40's. TR= (30 ×40)/(30+40)=17,1R

  • Retorção de fios acima de dois títulos diferentes.

TR= 1/(1/T_1 + 1/T_2 + 1/T_3 + …+ 1/T_n )

Ex.: Retorcer 3 fios de títulos 40's ; 60's e 80's. TR= 1/(1/40+ 1/60 + 1/80)=18,4R

Grupo Direto de Titulação[editar | editar código-fonte]

É caracterizado pelo comprimento constante e pelo peso variável. O título é dado por uma quantidade de pesos determinados para um determinado comprimento de fio. Em síntese, quanto maior a espessura maior o número.

Nesse grupo o título é diretamente proporcional ao diâmetro. É em¬pregado na titulação de fios compostos de fibras químicas (artificiais e sintéticas) e de seda natural. Fórmula Geral

T= (K ×P)/C

Fazem parte deste Grupo Direto os seguintes sistemas:

Sistema Denier[editar | editar código-fonte]

O título denier (símbolo: den) de um fio é igual ao peso em gramas de 9.000 metros desse fio. Portanto, se uma amostra de fio apresentar 1 grama de massa e um comprimento de 9.000 metros, o título será de 1 den. Por conseguinte, se tivermos uma amostra com “ n ” gramas em um comprimento de 9.000 metros, o título será “ n ” den. É usado normalmente em fibras sintéticas e filamentos. K = 9.000 m/g. Ex.: Um fio de poliéster em filamentos 180 den possui 180g em 9.000m dele mesmo.

Grupo Tex (múltiplos e submúltiplos)[editar | editar código-fonte]

O título Tex de um fio é igual ao peso em gramas de 1.000 metros de fio ou de qualquer outro material têxtil. É a representação recomendada pelo Sistema Internacional de Unidades (SI), já que o comprimento é a medida de 1.000 metros de material. Desta forma o material que apresentar massa de 1 grama em tal comprimento, terá como título 1 Tex e assim sucessivamente. É usado também para fibras sintéticas e filamentos. K = 1.000 m/g. Ex.: Um fio Ntex 20 possui 20g em 1000m.

Os múltiplos e submúltiplos desse Sistema são os seguintes:

  • Quilotex (símbolo: Ktex)

1 Ktex = 1.000 tex K = 1 m/g

  • Decitex (símbolo: dtex)

1 dtex = 0,1 tex K = 10.000 m/g

  • Militex (símbolo: mtex)

1 mtex = 0,001 tex K = 1.000.000 m/g

Grupo Indireto de Titulação[editar | editar código-fonte]

É caracterizado pelo peso constante e o comprimento variável. O título é dado pela quantidade de determinados comprimentos de fio necessários para ser obtido um determinado peso. Em síntese, quanto menor a espessura maior o número. Nesse grupo o título é inversamente proporcional ao diâmetro. É o mais empregado na titulação de fios de algodão. Fórmula Geral

T= (K ×C)/P

Fazem parte deste Grupo Indireto os seguintes sistemas:

Sistema Inglês[editar | editar código-fonte]

É o sistema predominante na fiação de algodão, o título inglês (símbolo: Ne) de um fio de algodão é igual ao número de meadas de 1 hank ( 1 hank = 840 jardas = 768 metros) cada uma, necessárias para se obter o peso 1 libra (1 libra ≈ 454 gramas). Podemos reescrever a definição acima, fazendo a equivalência das medidas inglesas com as do Sistema Decimal, guardando o mesmo significado, ou seja: O título inglês de um fio de algodão é igual ao número de meadas de 768 metros cada uma, necessárias para se obter um peso de 454 gramas.

De acordo com as unidades de medida que forem adotadas, teremos diferentes constantes, bastando que combinemos, para tanto, os pesos-base com os comprimentos-base, assim se usarmos:

  • O peso em gramas e o comprimento em metros: K = 0,59 g/m;
  • O peso em gramas e o comprimento em jardas: K = 0,54 g/jd;
  • O peso em “grains” e o comprimento em metros: K = 9,11 gr/m;
  • O peso em “grains” e o comprimento em jardas: K = 8,33 gr/jd.

Ex.: Um fio Ne 30 possui 30m em 0,59 gramas dele mesmo.

Sistema Métrico[editar | editar código-fonte]

O título métrico (símbolo: Nm) de um produto têxtil é igual ao número de meadas de 1.000 metros cada, necessárias para ser obtido um peso de 1.000 gramas. É usado normalmente em fiação de fibras longas (processo lã). K = 1 g/m. Ex.: Um fio Nm 50 possui 50m em 1 grama dele mesmo.

Conversão de títulos[editar | editar código-fonte]

Tabela 1. Fatores de conversão de títulos.

De Ktex Tex Dtex den Nm Ne
Ktex - Ktex×1000 Ktex×10000 Ktex×9000 1/Ktex 0,59/Ktex
Tex Tex/1000 - Tex×10 Tex×9 1000/Tex 590/Tex
Dtex Dtex/10000 Dtex/10 - Dtex×0,9 10000/Dtex 5900/Dtex
den den/9000 den/9 den×1,1 - 9000/den 5320/den
Nm 1/Nm 1000/Nm 10000/Nm 9000/Nm - Nm×0,59
Ne 0,59/Ne 590/Ne 5900/Ne 5320/Ne Ne×1,69 -

Ligações externas[editar | editar código-fonte]