Tônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Graus em música tonal
I tónica
II sobretónica
III mediante
IV subdominante
V dominante
VI sobredominante
VII sensível
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A tônica (português brasileiro) ou tónica (português europeu) , ou grau tonal, por vezes também chamada de base, raiz e fundamental, é um dos graus da escala musical.

Características[editar | editar código-fonte]

A tônica é, como o nome sugere, o grau que determinará o tom da música. Em escalas modais a tônica também estabelece a nota principal, sobre a qual se formará a sucessão intervalar do modo.

Em outras palavras, a tônica é o grau que vai determinar todo o restante em uma escala, e na harmonia, é a nota de menor tensão possível (ou de maior repouso). Partindo de uma tônica, podemos construir uma escala - modal ou não - e atribuir todas as demais funções harmonicas sobre esta. Geralmente é apresentada no final de uma composição, dando a ideia de resolução à sequencia de graus que a antecede.

A tônica coincide com a primeira nota da escala ou do modo, embora alguns estudiosos procurem classificar os modos de acordo com sua tonalidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]