TR-3A Black Manta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

TR-3A Black Manta é um hipotético avião espião da Força Aérea dos Estados Unidos.

História[editar | editar código-fonte]

É parte dos chamados Projetos Negros. A sua existência é negada oficialmente.

El TR-3A é um suposto avião espião subsônico de tecnologia stealth contendo um tipo peculiar de desenho de asa. Se afirmou que foram utilizados na guerra do Golfo para oferecer laser para a descrição de ambientes do F-117 A Nighthawk para ataques com bombas, para a orientação de usar bombas guiadas por laser, as chamadas bombas inteligentes. O TR-3A foi supostamente fabricado pela Northrop Grumman.

Dado que não há provas da participação de qualquer outro avião sigiloso na Guerra do Golfo, então surgiu outra hipótese. Há relatos que o "TR-3" seria um protótipo do avião furtivo B-2 Spirit.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • "TR-3A Evolved From Classified Prototypes, Based on Tactical Penatrator Concept" Aviation Week and Space Technology, June 10, 1991. p 20-21
  • “Triangular Recon Aircraft May be Supporting F-117A” AW&ST, June 10, 1991. p 20. William Scott
  • "America's New Secret Aircraft" Popular Mechanics, December 1991. p. 32-5. Gregory T. Pope
  • "Possible Black Aircraft Seen Flying In Formation with F-117As KC-135s." Aviation Week, March 9, 1992. p. 66-67
  • Popular Science, March 1993
  • "Stealth Watchers" Wired Magazine, Issue 2.02 Feb 1994. Phil Patton (article)

The Black Manta is also called the BABY B-2

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]