TV Cultura Florianópolis (Canal 6)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV Cultura Florianópolis
TV Cultura de Florianópolis S/A
Florianópolis
Cidade de concessão Florianópolis, SC
Canais
6 VHF analógico
Slogan Trazendo Gente Mais Perto de Gente
Rede Rede Record
Proprietário Diários Associados
Fundação 31 de maio de 1970 (44 anos)
Extinção 1 de setembro de 1995 (18 anos)
Sucessora Record SC
Prefixo ZYB 761
Cobertura Florianópolis

A TV Cultura de Florianópolis foi implantada, em 1970, no canal 6 VHF. Contou com o apoio técnico da TV Tupi, que - em troca - se comprometia a exibir a programação da emissora paulista. Nessa época, as dificuldades eram inúmeras. Como não havia transmissões correntes em sinais de microondas, os programas da Tupi chegavam por transporte rodoviário, com duas semanas de defasagem em relação à transmissão ao vivo gerada em São Paulo (capital). Nos verões, as fitas (em formato quadruplex, de rolo, inventado por Charles Ginsberg e Ray Dolby) vinham danificadas pelo calor. A conjunção destes motivos levou a TV Cultura à ampliar a sua produção local de programas.

A TV Coligadas - canal 03 VHF - de Blumenau era a concorrente direta da TV Cultura de Florianópolis. Na capital catarinense, a Coligadas (primeira emissora de televisão legalmente operante de Santa Catarina) retransmitia seu sinal pelo canal 12 VHF (ocupado pela RBS TV Florianópolis, a partir de 1979). Nessa mesma época, o sinal da emissora blumenauense alcançava dois terços do Estado. Até o início da década de 1980, Santa Catarina também era servida por sinais de televisão vindos de outros estados. Exemplos não faltam: os habitantes do Oeste catarinense sintonizavam os sinais da TV Erechim do Rio Grande do Sul, TV Tarobá de Cascavel-PR e da Canal 12 Posadas da Argentina. Já o Norte do estado, além do sinal da Coligadas, seus habitantes sintonizavam os sinais da TV Iguaçu (canal 04 VHF), TV Paraná (canal 06 VHF) e da TV Paranaense (canal 12 VHF), todas situadas em Curitiba-PR.

A década de 1980 foi bastante conturbada para a primeira concessionária de televisão de Florianópolis. Com a extinção da Tupi, a TV Cultura passa a exibir o sinal da TVS (TV Studios) - em 1981 - e do Sistema Brasileiro de Televisão - em 1981 - (ambas emissoras do empresário e apresentador de TV Sílvio Santos). Em 1982, a TV Cultura se une a TV Eldorado de Criciúma formando a RCE - Rede de Comunicações Eldorado, passando a retransmitir o sinal da TV Bandeirantes. Em 30 de março de 1992, inicia uma parceria com a Rede OM de Televisão (que mais tarde se chamaria CNT - Central Nacional de Televisão), que duraria cerca de três anos e meio.

A emissora seria vendida várias vezes, até ser incorporada à Rede Record, em 1º de setembro de 1995.

Precedido por
TV Cultura
Canal 6 VHF de Florianópolis
1970 - 1982
Sucedido por
RCE TV Cultura
Precedido por
RCE TV Cultura
Canal 6 VHF de Florianópolis
1982 - 1992
Sucedido por
Record SC
Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.