TV Educativa (Ponta Grossa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
TV Educativa
Fundação Educacional de Ponta Grossa
Rua Augusto Ribas, 722
Cidade de concessão Ponta Grossa, PR
Canais
58 analógico
Outros canais 29 - Tibagi
Rede E-Paraná (TV Cultura)
Proprietário Fundação Educacional de Ponta Grossa
Fundação 28 de abril de 2000
Prefixo ZYB 417
Cobertura Região dos Campos Gerais
Potência 1 kW
Página oficial TVE Ponta Grossa

TV Educativa é uma retransmissora da TV Cultura e da E-Paraná em Ponta Grossa. A emissora foi fundada em 2000, na gestão do prefeito Jocelito Canto (1996-2000), e é administrada pela Fundação Educacional de Ponta Grossa (Funepo). De janeiro de 2001 à dezembro de 2004, na gestão do Prefeito Péricles Holleben de Mello, a TVE PG teve vários ganhos, na parte tecnológica, sendo dirigida por Luiz Fernando Esteche (Diretor- Executivo).

O transmissor da TVE possui potência de 1 kW e foi instalado em 2006. O sinal é retransmitido para 11 cidades da região dos Campos Gerais.

A estrutura da emissora deve ser transferida em 2009 para o edifício do antigo Clube Guaíra, comprado em leilão pela prefeitura de Ponta Grossa por R$ 1,93 milhão em junho de 2007.

Programação local[editar | editar código-fonte]

Atualmente, na grade da emissora constam as produções locais:

  • Jornal das Sete e Meia: Programa jornalístico, apresentado por Altair Ramalho, às 7:30 da manhã. O programa traz as notícias da região, as notas de falecimento e os destaques dos jornais impressos locais e nacionais.
  • Jornal da Educativa: Programa jornalístico, de segunda à sexta às 19:30, com as notícias da região e os comentários políticos de Altair Ramalho e esportivos com Júlio Cesar Gonçalves.

O canal também exibe transmissões ao vivo de eventos, sobretudo, realizados pela Prefeitura de Ponta Grossa como desfiles cívicos e de Carnaval.

Jornalismo[editar | editar código-fonte]

A principal área de atuação da emissora é o jornalismo com a apresentação desde sua fundação do Jornal da Educativa. Entre 2001 e 2003, a produção do telejornal ficou interrompida devido a processo do Ministério Público questionando a contratação sem concurso de jornalistas. Para o retorno da programação em 2003, a Prefeitura contratou uma empresa para gerenciar e programar o setor de jornalismo, paralelamente a realização de um concurso público para contratar os profissionais técnicos e jornalistas. Essa "transição" durou cerca de seis meses e contou com jornalistas e técnicos contratados por essa empresa. Entre 2000 e 2004 o Diretor de Redação era Régis Rieger. Em 2004, com o início da gestão de Pedro Wosgrau (PSDB), ele foi substituído por Altair Ramalho.

Alguns jornalistas que já passaram pela redação de jornalismo da TVEPG: Priscila Zambolim (atualmente na emissora), Murilo Zara (atual), Gisele Antonioli (atual), Camila Paschoal (atual), João Carlos Dias (atual), Ana Cláudia Gambassi (atual), Tiago Ramos (TV CÂmara), Eduardo Ribeiro (atualmente na Record News), Ana Albini (atualmente na RPC TV Imagem), Luciana Almeida (atualmente no Diário dos Campos), Graziele Rauber e Ceres Regina (atualmente na Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Castro), Karina Kanashiro (atualmente na RPC Guarapuava), Lucia Dub (RPC Ponta Grossa), Ronnie Keity Oyama (assessoria de imprensa Copel), Cássia Consul (ex-editora e atual Casa da Comunicação), Carla Coloniese, Mariane Hoff, Marcia Mores (Copel), entre outros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.