TV Subaé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


TV Subaé
TV Subaé Ltda.
TV Subaé
Av. Presidente Dutra, 1031
Cidade de concessão Feira de Santana, BA
Canais
10 analógico
27 UHF e 10.1 Virtual digital
Outros canais
03 - Alagoinhas
04 - Itaberaba
06 - Serrinha
10 - Cruz das Almas
Slogan A gente se liga em você
Rede Rede Bahia de Televisão, Rede Globo
Proprietário Rede Bahia de Televisão
Fundação 1 de junho de 1988
Prefixo ZYA 301
Cobertura Mesorregião do Centro-Norte Baiano(regiões de Feira de Santana e Itaberaba), Nordeste da Bahia regiões de Serrinha e de Alagoinhas, além de parte do Recôncavo Baiano
Página oficial http://redebahia.globo.com

A TV Subaé é uma emissora de televisão de Feira de Santana, Bahia. A emissora pertence ao Grupo Modesto Cerqueira (Grupo MC) e a Rede Bahia de Televisão, afiliada à Rede Globo. Em 1998 o Grupo MC, realizou uma sociedade, vendendo 50% de suas ações para a Rede Bahia, visando expandir a área de cobertura da emissora, para proporcionar um crescimento socioeconômico, que mudou para melhor a região de Feira de Santana e cidades vizinhas. Opera nos canais 10 VHF e 27 UHF para Feira e região metropolitana

A TV Subaé, inaugurada em 1º de junho de 1988, foi a primeira emissora afiliada da Rede Globo no interior do estado e integra a Rede Bahia de Televisão. A estrutura para entrar no ar foi feita na época pelo extinto Núcleo de Implantação de Afiliadas da Rede Globo. Na década de 1980 muitas concessões foram dadas pelo Governo Federal, quando não só a Globo, mas outras redes tiveram o seu maior crescimento ganhando novas afiliadas.

Através do Núcleo, vieram alguns profissionais de Minas Gerais e São Paulo, implantar a TV Subaé, entre eles, Sílvio Palma que foi o primeiro diretor de jornalismo; Marcos Pizano, editor de texto (veio da TV Leste/Globo Minas; João Aldemir Venceslau, editor de texto (veio da TV Leste/Globo Minas, também fez parte da equipe de implantação da TV Santa Cruz de Itabuna-BA); Cyro Porto, repórter (veio da EPTV São Paulo); Aline Hungria, reopórter (veio da TV Globo São Paulo); Ferreira, gerente de operações (veio da TV Globo São Paulo), entre outros profissionais nas áreas de operações, operações comerciais, programação e engenharia.

O mercado de TV de Salvador, o único na época na Bahia, também contribuiu com muitos profissionais na fase inicial de transmissão da TV Subaé. Entre estes: Soraya Mesquita (jornalismo), Eduardo (edição de imagens), Wanderley (operações), Paulo Coutinho (jornalismo), Robson do Val (jornalismo).

A TV Subaé figura como um dos veículos de comunicação mais representativos da região em que atua. A programação local da emissora tem no jornalismo o seu carro-chefe, com forte direcionamento para as ações comunitárias, exibindo diariamente os telejornais Bahia Meio Dia e o BATV também é exibido de Segunda à Sexta o Jornal da Manhã .

A emissora atinge 54 municípios da região, totalizando mais de dois milhões de telespectadores potenciais.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

No ano de 2013,Outorgou-se o canal físico 27, 10.1 virtual para A TV Subaé Digital (HDTV), em Feira de Santana. No dia 13 de junho o sinal digital da emissora entrava no ar em caráter experimental, oficializando o mesmo no dia 18 de julho de 2013.

Foram implantados, um novo gerador, uma nova ilha de edição, e novos equipamentos para a transmissão do sinal Digital da emissora.

No final de abril de 2014 a TV Subaé passou a expandir seu sinal de (HDTV) para as regiões de Serrinha e Alagoinhas.

Outros Canais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre emissoras da Rede Globo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.