TVes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Televisora Venezolana Social (TVes)
Fundación Televisora Venezolana Social
Manifestantes saem das casas para apoiar a TVes em 27 de maio de 2007.
Manifestantes saem das casas para apoiar a TVes em 27 de maio de 2007.
País  Venezuela
Fundação 28 de maio de 2007
Pertence a Lil Rodríguez
Proprietário Fundación Televisora Venezolana Social
Slogan La fascinación de ver
Cobertura  Venezuela
Nome(s) anteriore(s) RCTV
Página oficial TVes.org.ve

Televisora Venezolana Social (TVes) é uma nova emissora de televisão de serviço público, operado pela Fundación Televisora Venezolana Social, patrocinada, principalmente, pelo Governo da Venezuela. Foi ao ar pela primeira vez na segunda-feira 28 de maio de 2007 às 00:20 GMT-4 pelo canal 15 (sinal aberto), pelo canal 10 de Intercable e Supercable e pelo canal 104 (DirecTV, satélite); os mesmos canais que havia usado a estação Radio Caracas Televisión (RCTV) neste domingo 29 de julho, quando venceu a concessão de operar o canal e não ser renovada pelo Governo. Sua sede está na cidade de Caracas. Contará inicialmente com oito horas de programação, a atual se incrementará paulatinamente a 24 horas em um espaço de 6 meses.

A TVes não produzirá nenhum programa, difundirá programas de produtores nacionais independentes como dramáticos, documentários, entretenimento, entre outros. Todos de porte cultural.

História[editar | editar código-fonte]

A história da TVes começa em dezembro de 2006, quando em um de seus discursos, Hugo Chávez Frías expressou que não se renovaria a concessão da RCTV. Posteriormente, em outro discurso expressou que seria outra estação que operaria o Canal 2. Outras vozes oficiais emitiram opiniões similares, inclusive se chegou a especular que RCTV venderia seus equipamentos de transmissão para o governo. A figura jurídica que se criou para operar o canal é uma fundação, cuja diretiva está presidida por Lil Rodríguez, vinculada ao meio de rádio.

A não renovação da concessão da RCTV foi rechaçada por muitos organismos internacionais, como a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, a Sociedade Interamericana de Imprensa, entre outros[carece de fontes?]. A oposição de Hugo Chávez alega que seria um atentado a liberdade de expressão e ao pluralismo. Entretanto, os partidários do governo vêem com bons olhos a criação de uma emissora que realmente estaria ao serviço de todos.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

A TVes foi ao ar às 0h49min (GMT-4) com o Hino nacional da Venezuela interpretado pela Orquesta Sinfónica Infantil sob regência de Gustavo Dudamel e posteriormente inicia sua transmissão com um vídeo introdutório do que será sua programação. Logo após a transmissão deste informativo, é exibido um ato de celebração do começo deste canal.

TVes está transmitindo programas culturais e esportivos, também estão passando filmes nacionais e internacionais. A TVes conta com sua equipe de reportagem, e seus microfones são vistos em entrevistas e lugares de Caracas.

Programação[editar | editar código-fonte]

TVes tem seu horário em alguns periódicos nacionais, assim como em sua página da internet e está exibindo programas que está por estrear. Alguns programas que estreando são:

  • TVes notícias.
  • O outro lado do esporte.
  • O natural.
  • "Son-risas y carcajadas".(Cancelado)[1]
  • Filmes variados (de origem nacional e internacional).
  • "Comiquitas".
  • Documentários.
  • Produções independentes.
  • Programas básicos (de esporte, entretenimento, entre outros).
  • Outras produções.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
RCTV
Canal 2 VHF de Caracas
2007 - presente
Sucedido por