Taá I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Junho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Taá I ou Taá, o Antigo foi um rei da XVII dinastia egípcia, durante o Segundo Período Intermediário. É também conhecido como Senakhtenré Taá, sendo Senakhtenré ("O que dá força a Rá") o seu prenome ou nome de coroação.

Sucessor de Antef VII, inicia a partir de Tebas a luta contra os Hicsos que governavam no norte do país, processo que só será concluído com o rei Amósis da XVIII dinastia. Julga-se que reinou apenas um ano, entre 1550 e 1549 a.C..

Foi casado com a rainha Teticheri, com a qual teve uma filha, Ah-hotep I e o seu sucessor, Taá II. Embora tenha sido encontrada a múmia da sua esposa, a múmia de Taá não foi ainda encontrada. Também não se conhece o seu túmulo.

Precedido por
Sobekemsaf II
Faraó
XVII dinastia
Sucedido por
Taá II
Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.