Tabatinga (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Tabatinga
"Capital do Bicho de Pelúcia"
Bandeira de Tabatinga
Brasão de Tabatinga
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 8 de maio
Fundação 8 de maio de 1896 (118 anos)
Gentílico tabatinguense
Prefeito(a) Rafael Jacob Camargo (DEM)
(2013–2016)
Localização
Localização de Tabatinga
Localização de Tabatinga em São Paulo
Tabatinga está localizado em: Brasil
Tabatinga
Localização de Tabatinga no Brasil
21° 43' 01" S 48° 41' 16" O21° 43' 01" S 48° 41' 16" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Araraquara IBGE/2008[1]
Microrregião Araraquara IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Nova Europa, Itápolis, Ibitinga, Boa Esperança do Sul
Distância até a capital 292,716 km
Características geográficas
Área 366,456 km² [2]
População 14,943 hab. Censo IBGE/2011[3]
Densidade 0,04 hab./km²
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,704 alto PNUD/2013[4]
PIB R$ 147 922,840 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10 054,57 IBGE/2008[5]
Página oficial

Tabatinga é um município do estado de São Paulo, no Brasil. Devido ao intenso cultivo de laranja, Tabatinga já teve a alcunha de "Princesinha da Laranja". Hoje, é considerada a "capital brasileira dos bichos de pelúcia"[6] .

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Tabatinga" é um termo derivado do termo tupi tobatinga, que significa "barreira branca, barro branco como cal"[7] .

História[editar | editar código-fonte]

A fundação de Tabatinga está intimamente relacionada à expansão da cultura cafeeira para o oeste paulista, verificada a partir da década de 1850. Entretanto, os Campos de Araraquara já eram conhecidos desde o século XVIII, quando, por aqui, passaram os bandeirantes que buscavam ouro em Goiás e Mato Grosso, utilizando-se, para tanto, o Rio Tietê e o "Picadão de Cuiabá".

Segundo informação de Antônio Amâncio de Souza, testemunha idônea da formação deste núcleo urbano, Tabatinga teve sua origem da seguinte forma: No final do Século XIX, existiam, nesta zona do Estado de São Paulo, grandes núcleos de terras que eram vendidos pelo Governo da Época, através de seus emissários no interior, por importâncias mínimas. Naquela época, havia, aqui, dois grandes núcleos: a Fazenda Santana e a Fazenda São João das Três Barras. A Fazenda São João das Três Barras era assim denominada por fazer convergência entre três cursos de água: Ribeirão São João, Córrego do Meio e Córrego do Cavalo. Juntamente com a Fazenda Santana, formavam a gleba que hoje é uma grande parte do município de Tabatinga. Os 5 000 alqueires que formavam a Fazenda São João das Três Barras foram adquiridos por Custódio José do Vale, pela quantia irrisória de $900.000 (novecentos mil réis). Com sua morte, a herança passou para seu genro Izaias Xavier do Vale e sua mulher Mariana Antônia de Jesus, e à cunhada Bárbara Lyra da Castidade, que deixou, em testamento, como seu herdeiro, Izaias Xavier do Vale e, em sua falta, o sobrinho Francisco Quintino do Vale. Joaquim Pinto Ramalho, outro desbravador de sertões, e parente de Izaias, possuía, à margem esquerda do Córrego do Cavalo, uma pequena área de 20 alqueires, que doou ao Bispado de São Carlos, em louvor à Nossa senhora do Bom Conselho, que hoje é padroeira de Tabatinga. Esta área formou o Patrimônio em que hoje está situada grande parte da zona urbana de Tabatinga e cuja escritura de doação foi definitivamente assinada por Izaias Xavier do Vale em 08 de maio de 1896.

Além do Patrimônio de Nossa Senhora do Bom Conselho, outra porção de terra de 10 alqueires foi doada ao Bispado de São Carlos por Mariana Antônia de Jesus, esposa de Izaias. Este novo patrimônio, que passou a denominar-se Santa Cruz, está localizado à margem direita do Córrego do Cavalo. Nessa época, foi construída, no Patrimônio de Nossa Senhora do Bom Conselho, quase à margem do Córrego do Cavalo, uma pequena casa, de propriedade do fazendeiro João Lopes Marins, que residia no sítio Macaia, a três quilômetros dali. Essa casa foi alugada a João Satyro, que ali instalou uma pequena taberna. Outros casebres foram construídos e formou-se, assim, uma pequena povoação a que denominaram São João das Três Barras. O progresso acentuou-se, e em pouco tempo a lavoura tomou incremento. Em 1908, foi elevada à categoria de Distrito Policial com a denominação de Distrito do Jacaré, em São João das Três Barras. As primeiras autoridades nomeadas para o Distrito Policial foram as seguintes: Antônio Thomaz de Souza, sub-delegado, Carlos Guimarães, 1º Suplente, Antônio Pinto de Mendonça, 2º Suplente e Raphael Mastrocezare, 3º Suplente.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Calculo DMS (Graus, Minutos e Segundos) Localiza-se a uma latitude 21º43'00" sul e a uma longitude 48º41'15" oeste

Cálculo DD (Decimal) para inclusões em GPS e Mapas Virtuais Localiza-se a uma latitude -21.716667 e a uma longitude 48.6875

Estando a uma altitude média de 490 metros. Sua população estimada em 2004 era de 14.117 habitantes.

Possui uma área de 366,456 km².

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • SP-331 - Vicinal Victor Maida

Administração[editar | editar código-fonte]

Igreja Católica[editar | editar código-fonte]

O município pertence à Diocese de São Carlos. A Paróquia é Nossa Senhora do Bom Conselho.

Igreja Evangélica[editar | editar código-fonte]

No município podemos encontrar a IEBB - Igreja Evangélica Batista Betel de Tabatinga, SP
Situada à Travessa Avibar, 235, Centro
Website: http://iebb.org.br

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2011 Censo Populacional 2011. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2011). Página visitada em 11 de dezembro de 2011.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2013). Página visitada em 20 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Decorações infantis e bolsas Juna Baby. Disponível em http://www.junababy.com.br/empresa.html. Acesso em 24 de julho de 2013.
  7. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. p. 118.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tabatinga (São Paulo)