Taboa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTaboa
Typha domingensis

Typha domingensis
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Superdivisão: Spermatophyta
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Subclasse: Commelinidae
Ordem: Poales
Família: Typhaceae
Género: Typha
Espécie: T. domingensis
Nome binomial
Typha domingensis
(Pers.)
Sinónimos
Typha angustata

A taboa (Typha domingensis) é uma planta hidrófita (aquática) típica de brejos, manguezais, várzeas e outros espelhos de águas. Mede cerca de dois metros e na época de reprodução apresenta espigas da cor café contendo milhões de sementes que se espalham pelo vento.

Altamente adaptável, encontra-se espalhada por todo o mundo, e em algumas partes é até mesmo considerada uma praga.

A sua fibra, durável e resistente, pode ser utilizada como matéria-prima para papel, cartões, pastas, envelopes, cestas, bolsas e outros itens de artesanato.

É uma depuradora de águas poluídas, absorvendo metais pesados.

Sinônimos[editar | editar código-fonte]

Bucha, capim-de-esteira, erva-de-esteira, espadana, landim, paina, paina-de-flecha, paineira-de-flecha, paineira-do-brejo, paneira-de-brejo, paneira-do-brejo, partasana, pau-de-lagoa, pau-mole, tabebuia, taboinha, tabu, tabua, tabuca, tabuba, tifa, totora. Southern Cat-Tail (inglês). Em Angola tabém é conhecida como chipipa e dá o nome a uma localidade da Província do Huambo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Poales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.