Tacheng

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tacheng, چۆچەك
ث‏³ا
"Ruinas em Chuguchak" foto [Vasily Vereshchagin (1869)
"Ruinas em Chuguchak" foto [Vasily Vereshchagin (1869)
País República Popular da China
Cidade administrativa Xinjiang
Área  
  Total 4.007 km²
População  
  Cidade 160 mil (2003)
Localização da Cidade de Tacheng (rosa) no Distrito de Tacheng (amarelo) em Xinjiang

Tacheng, Uighur چۆچەك (Chöchek ou Qoqek); Cazaque: شاۋەشەك / Шәуешек / Şәweşek) é uma Cidade administrativa (popul. estimada em 1994: 56.400 hab) e capital da "Prefeitura de Tacheng", no norte da "Prefeitura Autônoma de Ili Kazakh", Xinjiang, China, ao norte do Vale do Rio Ili. Foi fundada no Século XVI por comerciantes Uigures oriundos de Kashgar e Atush.

A cidade já foi chamada Tarbaghatay ou Tarbagatai (Mongol: Mongolian: "que tem marmotas") e já foi conhecida nas línguas europeias como Chuguchak ou Chawchak, (seu nome nas Línguas turcomanas).

Está localiza na Bacia Dzungariana, a cerca de 10 km da Fronteira Cazaquistão-China (no ponto quase médio da extensão dessa fronteira). Foi uma importante cidade comercial na antiga Rota da Seda, e, portanto um importante polo de negócios entre China e Ásia Central, sendo também forte centro de agricultura. Suas indústrias incluem processamento de alimentos, têxteis e utilidades[1] [2] .

O clima é áridos, a temperatura média em janeiro é de -10º C e em julho de 28º C[3] .

Em em outubro de 1864, foi assinado o Protocolo de Chuguchaca, entre o General Mingyi de Uliassutai, representando a Dinastia Qing e a delegação do Império Russo liderada por Ivan Zakharov e Ivan Babkov, que delimitou as fronteiras entre o noroeste da China e o Império Russo.

Por meio daquele acordo, o Império Russo ganhou um amplo território, que incluía o Lago Balcache, o Rio Lepsy, o Rio Aksu, o Rio Kuke-usu, o Rio Kharatala, parte do Rio Ili (a oeste de Ili Birai Tsikin), o Rio Chu, o Rio Talas, a região a montante do Rio Narin, e Temurtu-nor[4] .

No início de 1865, a cidade foi palco de intensos combates durante a Revolta Dungan[5] .

Cruzamentos da fronteira[editar | editar código-fonte]

O ponto de cruzamento de fronteira Bakhtu entre China e Cazaquistão fica a 17 km de Tacheng. O "checkpoint" no lado Cazaque é chamado Bakhty e fica a 60 km de Makanchi no Cazaquistão Oriental.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Qurbān-ʻAlī Khālidī, Allen J. Frank, and Mirkasym Abdulakhatovich Usmanov. An Islamic Biographical Dictionary of the Eastern Kazakh Steppe, 1770-1912. Brill's Inner Asian library, v. 12. Leiden: Brill, 2004.
  • Saguchi Toru. "Kazak Pastoralists on the Tarbaghatai Frontier under the Ch'ing." In: Proceedings of the International Conference on China Border Area Studies. Lin En-hsien [Lin Enxian], ed. Taipei: National Chengchi University, 1985, pp. 953–996.
  • Wiens, Herold J. "Change in the Ethnography and Land Use of the Ili Valley and Region, Chinese Turkestan". Annals of the Association of American Geographers, Vol. 59, No. 4. (Dec., 1969), pp. 753–775.

Referências externas[editar | editar código-fonte]