Taipan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaTaipan
FierceSnakeOlive.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Serpentes
Família: Elapidae
Género: Oxyuranus
Nome binomial
Oxyuranus scutellatus
Espécies
O. scutellatus

O. s. scutellatus (Taipan Costeira)
O. s. canni (Taipan de Papua)
O. s. barringeri (Taipan do Noroeste)
O. microlepidotus (Taipan Continental)
O. temporalis

A taipan é uma cobra da família elapidae encontrada no litoral e no outback australiano.

Existem seis espécies conhecidas. A cobra taipan comum é subdividida em duas sub-espécies: a taipan costeira da Austrália (Oxyuranus scutellatus scutellatus) e a taipan de papua (Oxyuranus scutellatus canni) que é nativa da costa sul de Papua-Nova Guiné.

A espécie inland taipan (Oxyuranus microlepidotus) é considerada a cobra mais venenosa do mundo. Possui um veneno hemotóxico potente e complexo (que faz o sangue se liquifazer, destruindo as células sanguineas, podendo ocorrer hemorragias internas), inoculado através de duas presas fixas que tem na parte posterior da boca, capaz de matar um ser humano em menos de 45 minutos. Estima-se que o veneno disponível em suas presas seria capaz de matar 100 homens ou 250.000 ratos. A espécie taipan comum, por sua vez, é considerada a terceira cobra mais venenosa do mundo. É da mesma família da cobra Coral e Naja.

Ela é grande, possui de 2,5 a 3 metros de comprimento, tem escamas lisas com a coloração creme e/ou marrom. Se alimenta de pequenos mamíferos.

Ela é, de todas as serpentes elapídeas, a que possui as maiores presas.

Em setembro de 2012 na cidade de Kurri Kurri (Nova Gales do Sul, Austrália) um adolescente de 17 anos foi picado por uma Taipan e sobreviveu. Mesmo depois de administrar o antídoto, raramente uma vítima sobrevive.

Raramente vista, a taipan também é chamada de cobra-feroz. Arisca, prefere não enfrentar predadores a menos que a ataque, sendo raros os casos de ataques a humanos.