Talher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Talheres

Talheres são objetos utilizados para facilitar o ato de se alimentar. São tradicionalmente considerados talheres as colheres, os garfos e as facas. Os pauzinhos orientais (em japonês hashi) também podem ser considerados talheres.

Os talheres variam de design, de acordo com seu propósito e utilidade, como comer carne, peixe, sobremesa, tomar sopa, mexer o café etc. O faqueiro é um conjunto completo de talheres da mesma marca e do mesmo material, que inclui facas, colheres, garfos e outros utensílios para servir a comida. Muitas vezes é a designação para a caixa ou estojo onde se guardam os talheres de mesa.

História[editar | editar código-fonte]

Até o século I, quase todo mundo comia com as mãos para levar o alimento à boca. Naquele século, Domenico Salvo, membro da corte de Veneza, casou-se com a princesa Teodora, de Bizâncio. Ele trouxe no enxoval um objeto pontudo, com dois dentes, que usava para espetar os alimentos.Esse primeiro garfo foi considerado uma heresia: o alimento, fornecido por Deus era sagrado e tinha de ser comido com as mãos.

Todavia, pouco a pouco, membros da nobreza e do clero foram adotando o talher. O hábito demorou para pegar entre a população: com mais dentes, o espeto só se tornou popular mesmo no século XIX. Já a faca é o mais antigo dos talheres: foi o Homo erectus, que surgiu na Terra há 1,5 milhão de anos, quem criou o primeiro objeto cortante, feito de pedra, para caça e defesa.

O primeiro a sugerir que cada homem deveria ter um talher para ser usado exclusivamente à mesa foi o cardeal francês Richelieu, um fervoroso defensor das boas maneiras, por volta de 1630.

Ícone de esboço Este artigo sobre um objeto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.