Tamim al-Barghouti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tamim al-Barghouti (em árabe: تميم البرغوثي) é um poeta palestino, nascido em Deir Ghassanah (próximo a Ramallah) em 19771 .

Estudou Ciências Políticas na Universidade do Cairo e na Universidade de Boston. Em 1999, quando vivia na Palestina, publicou o seu primeiro livro de poesia, Mijana. De volta ao Egito, escreveu sua segunda coletânea, Al Manzar.

Filho da escritora egípcia Radwa Ashour e do poeta palestino Mourid Barghouti, ele escreveu poemas que foram cantados pelos manifestantes durante os protestos que levaram à queda de Hosni Mubarak, em 2011. Ficou conhecido então como "poeta da revolução"2 3 .

Participou da Festa Literária Internacional de Paraty em 20134 .

Referências

  1. O egípcio “poeta da revolução” Tamim Al-Barghouti estará na Flip 2013. Paraty Online, 02/05/2013
  2. Poetry International Web - Tamim al- Barghouti (em inglês)
  3. Lundberg, John. "A High-Cultured "American Idol" Thrills The Arab World", Huffington Post, 14 de junho de 2009 (em inglês).
  4. Poesia e Revolução. Cultura.rj, 02/07/2013
Ícone de esboço Este artigo sobre um poeta ou uma poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.