Tamnougalt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marrocos Tamnougalt  
—  Localidade  —
Vista de Tamnougalt e do seu casbá
Vista de Tamnougalt e do seu casbá
Tamnougalt está localizado em: Marrocos
Tamnougalt
Localização de Tamnougalt em Marrocos
30° 40' 48" N 6° 23' 17" O
Região Souss-Massa-Drâa
Província Zagora
Altitude 930 m (3 051 pés)

Tamnougalt (pronúncia: tam-nugalte) é uma aldeia do sul de Marrocos, situada no vale do Drá, a cerca de 930 m de altitude, entre montanhas de 1 500 m do maciço de Kissane. Encontra-se a aproximadamente 95 km a sudeste de Ouarzazate e 6 km a leste de Agdz. Faz parte da província de Zagora e da região de Souss-Massa-Drâa. É conhecida principalmente pelo seu casbá (castelo) e pelo moussem Ellama, um festival religioso e cultural, que envolve todas as aldeias da região, que ocorre anualmente na primeira semana de outubro.

Antiga capital da região de Mezguita, que durante muito tempo funcionou praticamente como uma república autónoma, e residência de poderosos alcaides, o seu nome significa "ponto de encontro" em tachelhit (berbere). A área é frequentemente descrita como a mais "dramática e extravagante" da região.[1] Tamnougalt é o maior e mais antigo ksour (ou ksar, alcácer) de barro do vale do Drá ainda de pé.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A história de Tammougalt está ligada com a do oásis de Mezguita, do qual foi a capital. Desconhece-se quando foi fundada. Possivelmente foi uma cidadela militar no período saadianos (séculos XVI e XVII). A sua importância política e social teve início no século XVIII, quando o Taleb El Hassan foi nomeado alcaide pelo sultão alauita. Os descendentes de Taleb mantiveram-se à frente do governo do território, que se estendia até ao Dadès e ao Ksar Ait Hammou ou Saïd, até à independência de Marrocos. Em 1874 o alcaide de Mezguita foi expulso do território de Ouarzazate por um novo alcaide duma família de Telouet, Glaoua Mohammed Ibibt. Os Glaoua iriam ter um papel importante na região do Drá.

Em 1884, Charles de Foucauld visitou Tammougalt e observou que «era a capital do distrito, governada pelo um alcaide hereditário Abderrahman ben el Hassan» e que era «habitado exclusivamente por Draouas, como todo o vale do Drá». Em 1907, Si Mohammed, alcaide de Tamnougalt, ofereceu as suas tropas de Mezguita para apoiar Moulay Abd al-Hafid contra o seu irmão na disputa do trono de Marrocos.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ellingham, Mark; McVeigh, Shaun; Jacobs, Daniel; Brown, Hamish. The Rough Guide to Morocco (em inglês). 7ª. ed. Nova Iorque, Londres, Deli: Rough Guide, Penguin Books. 824 pp. p. 522. ISBN 9-781843-533139.
  2. Lonely Planet review for Tamnougalt (em inglês) www.lonelyplanet.com Lonely Planet. Visitado em 10 de dezembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tamnougalt


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Marrocos, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.