Tangata manu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilhota Motu Nui

Tangata manu (homem-pássaro) era o título atribuído ao vencedor de uma competição tradicional da Ilha de Páscoa.

No mês de setembro, início da primavera, andorinhas-do-mar depositavam seus ovos na ilhota Motu Nui. Celebrava-se esse acontecimento pois a ave era uma fonte de alimento e também marcava a escolha do novo homem-pássaro, representante terreno do deus-criador Make-Make.1

A competição tinha início na vila Orongo, à beira da cratera do vulcão Rano Kau. Cada clã selecionava um representante que deveria nadar até a ilhota, encontrar um ovo e retornar à Rapa Nui depois de escalar o penhasco.2 O primeiro a trazer um ovo intacto era nomeado homem-pássaro e governava a ilha durante um ano. Alguns competidores eram mandatários do líder do clã, e nesse caso ele recebia o título.1 2

A seleção dos candidatos era revelada pelo sonho de um iva-atua (profeta) que enxergava a proteção divina sobre um homem. Era vedada a participação de mulheres na corrida, mas elas podiam ser profetisas.3

A competição existiu até o final do século XIX quando a maioria dos habitantes da ilha foi convertida ao catolicismo.1 3

Notas e referências

  1. a b c Arnold, 2004, p. 36.
  2. a b Fischer, 2005, p. 59.
  3. a b Routledge, 2007, p. 260-265.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Arnold, Caroline. Easter Island: Giant Stone Statues Tell of a Rich and Tragic Past. Houghton Mifflin Harcourt, 2004. ISBN 0618486054
  • Fischer, Steven R. Island at the end of the world: the turbulent history of Easter Island. Reaktion Books, 2005. ISBN 1861892454
  • Routledge, Katherine. The Mystery of Easter Island. Cosimo, Inc., 2007. ISBN 1602066981
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.