Taquaritinga do Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Taquaritinga do Norte
"Dália da Serra"
Taquaritinga do Norte.jpg

Bandeira de Taquaritinga do Norte
Brasão de Taquaritinga do Norte
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 10 de maio
Fundação 1877
Gentílico taquaritinguense
CEP 55790-000
Prefeito(a) Evilázio Araújo
(2013–2016)
Localização
Localização de Taquaritinga do Norte
Localização de Taquaritinga do Norte em Pernambuco
Taquaritinga do Norte está localizado em: Brasil
Taquaritinga do Norte
Localização de Taquaritinga do Norte no Brasil
7° 54' 11" S 36° 2' 39" O7° 54' 11" S 36° 2' 39" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Agreste Pernambucano IBGE/2008 [1]
Microrregião Alto Capibaribe IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Brejo da Madre de Deus e Toritama (S), Vertentes (L), Santa Cruz do Capibaribe (O)
Distância até a capital 164 km
Características geográficas
Área 475,176 km² [2]
População 27 188 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 57,22 hab./km²
Altitude 785 m
Clima Tropical As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,641 médio PNUD/2010 [4]
PIB R$ 136 556 mil IBGE/2011[5]
PIB per capita R$ 5 397 92 IBGE/2011[5]
Página oficial
Igreja de Santo Amaro
Taquaritinga em dia nublado
Rampa do Pepê

Taquaritinga do Norte é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Está localizado no Agreste Pernambucano, na microrregião do Alto Capibaribe.

Administrativamente, o município é composto pelo distrito-sede, Gravatá do Ibiapina e Pão de Açúcar e pelos povoados de Vila do Socorro, Jerimum, Mateus Vieira e Algodão.

É conhecida como a "Dália da Serra", por apresentar muitos exemplares desta flor em suas praças. Considerando sua baixa latitude, possui um clima relativamente ameno, com temperatura suavizada pela altitude. A temperatura média anual é de dezoito graus Celsius.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Taquaritinga" é uma palavra proveniente da língua tupi. Existem duas explicações etimológicas possíveis para ela:

  • "taquara pequena e branca", a partir da junção dos termos takwa'ri (taquara pequena)[6] e tinga (branco)[7]
  • "rio claro das taquaras", a partir da junção dos termos takwar (taquara), 'y (rio, água)[8] e tinga (branco)[9]

O seu complemento "do Norte" serve para distingui-la do município de Taquaritinga, no estado de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade de Taquaritinga do Norte nasceu em meados do século XVIII. No início do século XIX, era um lugar já populoso, formado por terras pertencentes a dona Maria Ferraz de Brito, a qual dividiu sua propriedade em lotes, o que deu lugar ao desenvolvimento da povoação. Por conta da Lei Provincial 1 895, de 10 de maio de 1887, a sede municipal foi elevada à categoria de cidade. Todo ano, no dia 10 de maio, Taquaritinga comemora a sua emancipação política.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • a Lei Provincial 1 260, de 26 de maio de 1877, criou a vila de Taquaritinga, pertencente ao município de Limoeiro.
  • a Lei Provincial 1 317, de 4 de fevereiro de 1879, criou a vila de Vertentes e transferiu-lhe a comarca anteriormente criada de Taquaritinga, retirando desta a categoria de vila anteriormente recebida.
  • a Lei Provincial 1 419, de 27 de maio de 1879, transferiu para Vertentes a sede da freguesia de Taquaritinga.
  • a Lei Provincial 1 864, de 5 de maio de 1866, devolveu para Taquaritinga a sede da comarca anteriormente transferida para Vertentes.
  • a Lei Provincial 1 895, de 10 de maio de 1887, elevou à categoria de cidade a vila de Taquaritinga. O município foi constituído em 16 de novembro de 1892.[10]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 07º54'11" sul e a uma longitude 36º02'39" oeste, estando a uma altitude de 785 metros, na cidade e 1 200, no topo da serra. Sua população estimada em 2010 era de 25 mil habitantes.

  • Temperatura de dezoito graus Celsius (média)
  • Possui uma área de 475,77 km².

Clima[editar | editar código-fonte]

Para chegar a Taquaritinga do Norte, o visitante precisa subir a Serra da Taquara. Lá no alto, encontra-se o município. O clima ameno predomina durante todo o ano, porém, no verão, as temperaturas, durante o dia, são bem altas e à noite, ficam na média dos vinte graus Celsius. No inverno, a temperatura ao dia dificilmente ultrapassa os 25°C e, à noite, está quase sempre abaixo dos 18ºC chegando, em raras ocasiões, a pouco mais de 10ºC. Em pontos como a Rampa do Pepê, por exemplo, localizada a uma altitude de 1.200 metros, com um desnível à frente de mais de 590 metros, a temperatura, durante a madrugada dos meses mais frios, pode, em algumas raras ocasiões, chegar a menos de dez graus Celsius.

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Centro
  • Brasilia
  • Capibaribe
  • Amorim
  • Silva de cima
  • Silva de baixo
  • Beira rio
  • Zamba
  • Alto da cocada
  • Marília

Galeria: Taquaritinga antiga[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Taquaritinga do Norte

Calendário de eventos[editar | editar código-fonte]

  • Janeiro: de 6 a 15 - Festa de Santo Amaro
  • Fevereiro: Sábado uma semana antes do carnaval - blocos carnavalescos na cidade
  • Março: Domingo de Páscoa - Cavalgada Ecológica- Taquara motofest encontro nacional de motociclistas.
  • Maio: 10 - Aniversário de Taquaritinga do norte
  • Agosto: Festa das Dálias
  • Setembro: 7 de Setembro - Desfile da Independência
  • Novembro: Curta Taquary - Festival Nacional de Curta-Metragem

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa Populacional 2014. Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (agosto de 2014). Página visitada em 29 de agosto de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 09 de setembro de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2011. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 17 dez. 2013.
  6. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 649.
  7. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 678.
  8. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. Terceira edição revista e aperfeiçoada. São Paulo. Global. 2005. p. 22.
  9. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 678.
  10. *CEHM-FIAM. Calendário Oficial de Datas Históricas dos municípios do Interior de Pernambuco. Recife: Centro de Estudos de História Municipal,1994.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.