Taquicardia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Taquicardia é um termo médico utilizado para designar um aumento da frequência cardíaca. Convenciona-se como normal no ser humano uma frequência cardíaca entre 60 e 100 batimentos por minuto.[1] A partir de 100, inclusive, considera-se que há taquicardia.

A taquicardia pode ser devida a variações normais do funcionamento do organismo, neste caso chamada de taquicardia fisiológica, ou devida a alguma doença, neste caso taquicardia patológica.

Entretanto, para a avaliação da taquicardia, é importante portanto fazer a avaliação baseado na idade da pessoa.

  • 1 – 2 dias: taquicardia > 159 (bpm).
  • 3 – 6 dias: taquicardia > 166 bpm.
  • 1 – 3 semanas: taquicardia > 182 bpm
  • 1 – 2 meses: taquicardia > 179 bpm
  • 3 – 5 meses: taquicardia > 186 bpm
  • 6-11 meses: taquicardia > 169 bpm
  • 1 – 2 anos: taquicardia > 151 bpm
  • 3 – 4 anos: taquicardia > 137 bpm
  • 5 – 7 anos: taquicardia > 133 bpm
  • 8 – 11 anos: Taquicardia > 130 bpm
  • 12 – 15 anos: taquicardia > 119 bpm
  • > 15 anos – adultos: taquicardia > 100 * bpm

Esses valores não são absolutos e pequenas variações podem ocorrer. [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.infoescola.com/cardiologia/taquicardia
  2. Dr. Leonardo Alves, CRMMG: 33.669 (06/04/2015). SoproNoCoração - Taquicardia Dr. Leonardo Alves, CRMMG: 33.669. Visitado em 06/04/2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.