Tareco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Prato com tarecos.

O tareco é um pequeno biscoito de consistência firme, feito de farinha de trigo, ovos e açúcar. A massa é pingada na fôrma antes de assar dando-lhe um formato discóide.[1]

O tareco faz parte da cultura popular na região Nordeste do Brasil desde muito tempo. Argumenta-se que sua origem provavelmente se deu no estado de Pernambuco, tendo se espalhado para o restante do Nordeste brasileiro. Sua presença é notada em músicas e poemas de autores nordestinos a exemplo da canção Tareco e Mariola interpretada por Petrúcio Amorim e composta por Flávio José.[2]

No estado da Bahia[carece de fontes?] é conhecido como biscoito Paciência.[1]

Referências

  1. a b sítio Globo.com (3 de Janeiro de 2012). Aprenda a fazer tareco, o biscoito tradicional de Grão Mogol. Página visitada em 24 de Dezembro de 2012.
  2. Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira (Data desconhecida). Obra. Página visitada em 24 de Dezembro de 2012.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Tareco
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.