Tariq Saleh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tariq Saleh (Beirute, 16 de setembro de 1974) é um jornalista brasileiro e correspondente da BBC em Beirute, cobrindo o Oriente Médio e África, documentando conflitos, questões ligadas a direitos humanos, refugiados, política e culturas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Tariq Saleh nasceu em Beirute quando seus pais trabalharam um período no Líbano. Ele cresceu em Sapiranga, no Rio Grande do Sul, região para onde seu avô palestino imigrou no final da década de 50.

Após estudar fotografia, entrou para a faculdade de Jornalismo na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). É fluente nos idiomas inglês, árabe e espanhol. Entre 1992 e 1993 morou no Reino Unido, depois retornando ao Brasil para continuar a vida acadêmica. Em 2006, ele se mudou para o Oriente Médio para cobrir os acontecimentos na região.

A paixão pelo Jornalismo veio aos 14 anos quando assistiu ao filme The Killing Fields (Os Gritos do Silêncio, 1984), do diretor Roland Joffé. Antes do Jornalismo, cursou a faculdade de Engenharia Civil, porém sua vocação era mesmo ser repórter.

Em seu primeiro semestre de faculdade trabalhou como repórter e fotógrafo numa agência experimental de comunicação da Unisinos. Um ano depois, na editoria de Mundo do jornal Zero Hora de Porto Alegre, atuou na cobertura da Guerra do Iraque, em 2003.

Tariq Saleh já cobriu alguns países na América do Sul e Europa. Desde 2006, ele cobriu acontecimentos importantes em diversos países no Oriente Médio e norte da África, como os conflitos políticos e militares no Líbano, a revolução no [[Egito] e a guerra civil na Líbia, ambos em 2011, a revolta popular e distúrbios na Síria e o drama dos refugiados sírios na Turquia.

Atualmente, Tariq Saleh vive em Beirute, onde também é um colaborador regular para o portal Terra. Já realizou trabalhos para o jornal Folha de S.Paulo, revista Terra e outras publicações estrangeiras. Como produtor de TV na região, já trabalhou com a TV Globo e TV Record. Suas reportagens, fotos e boletins de rádio pela BBC Brasil são publicados e veiculados em vários jornais, websites, TVs e rádios brasileiras.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]