Taser International

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Taser M-26, muito utilizado pelo exército dos Estados Unidos.

A Taser International é uma empresa estadunidense, registrada na NASDAQ (NASDAQ: TASR), que desde 1993 fabrica e vende diversos modelos de armas de eletrochoque, popularizando seu uso principalmente pelas polícias de diversos países. As "Tasers", como são conhecidas, apesar de possuírem um funcionamento básico comum em relação ao padrão das armas de eletrochoque, têm os dois eletrodos de carga não permanentemente unidos à estrutura.1

Tipos[editar | editar código-fonte]

Há dois tipos de armas de eletrochoque Taser:

  • de contato : tem o formato semelhante ao de um telefone celular e funciona com duas baterias de nove volts. O mecanismo é simples: tem o corpo de plástico e possui, numa das extremidades, uma junção de seis a dez pinos metálicos, agrupados em pares, por onde é descarregada a corrente elétrica. Em um dos lados, há um gatilho, através do qual é efetuado o disparo. Há também uma chave, que liga, desliga ou coloca a arma em "modo de espera". O dano produzido na vítima depende da região atingida, podendo ser desde a dormência na área atingida até um desmaio.
  • IEM (air Taser): tem o formato semelhante ao de uma pistola e funciona segundo o princípio de IEM (interrupção elétrica intramuscular). Tem dois eletrodos ligados a dois fios de cobre, que podem ter quatro, seis, oito ou dez metros. Ao disparar, a arma lança os dois eletrodos, que, ao atingir a vítima, aplicam uma descarga elétrica por 5 segundos, agindo no sistema nervoso sensorial e motor, fazendo com que a vítima seja imediatamente imobilizada, perdendo a coordenação motora e caindo.2

Há anos a Anistia Internacional questiona o uso de armas Taser nos Estados Unidos. Lá, entre 2001 e fevereiro de 2009, aproximadamente 500 pessoas morreram, após serem atingidas pela descarga elétrica dessa arma. "Das centenas de pessoas que morreram após o uso policial de armas Taser nos Estados Unidos, dezenas e dezenas de mortes possivelmente podem ser atribuídas à força desnecessária sendo usada”, declarou Susan Lee, diretora da Anistia Internacional.2 Está, poranto, demonstrado que a arma Taser é letal - embora não tanto quanto uma arma de fogo.

Mortes[editar | editar código-fonte]

O uso da arma de choque já causou dezenas de mortes em diferentes partes do mundo. Muitas delas devido ao seu uso indiscriminado e à falta de treinamento adequado para aqueles que são legalmente autorizados a usá-las - inclusive agentes públicos. 2 3 4 5 6

O debate sobre as armas de eletrochoque, especificamente as fabricadas pela Taser, cresceu após a morte de Robert Dziekanski, a décima sexta vítima dessas armas no Canadá desde 2003, ano em que a polícia canadense começou a usá-las,7 e houve uma mobilização pública pela suspensão do uso das "Tasers".8 Em 2007, ocorreu em Montreal a décima sétima morte relacionada ao uso de "Tasers" no Canadá.9

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referencias Externas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Como funcionam as armas de choque
  2. a b c Uso indevido da Taser é o que provoca mortes. Por George Melão. 27 de março de 2012.
  3. Risco de Taser matar pessoa sob efeito de álcool e drogas é maior, apontam especialistas. Por Janaína Garcia. UOL Notícias 16 de abril de 2012.
  4. Policiais serão acusados por morte de estudante brasileiro na Austrália. Olhar direto, 13 de dezembro de 2013.
  5. Homem morre depois de ser imobilizado por pistola Taser. Veja, 26 de março de 2012.
  6. Em Tocantinópolis, jovem recebe descarga de arma de choque na entrada da concentração de um bloco de carnaval e morre. 20 de fevereiro de 2012.
  7. "Ban Tasers, says civil liberties group", Ottawa Citizen, 1º de novembro de 2007. Página visitada em 2007-11-14.
  8. "Amnesty International calls for moratorium on Taser use", The Province, 19 de outubro de 2007. Página visitada em 2007-11-15.
  9. "Critics demand police shelve Tasers after Montreal man dies", CBC News, 19 de outubro de 2007. Página visitada em 27 de fevereiro de 2014.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ícone de esboço Este artigo sobre armas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.