Tatooine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Local de filmagens no sul da Tunísia

Na saga de George Lucas, Star Wars, Tatooine é o planeta natal da família Skywalker e cenário de grande parte da ação dos vários filmes da série (bem como de muitos romances e outras peças literárias de ficção científica). No roteiro original do episódio IV da saga, há explicações e detalhes que não saltam aos olhos das pessoas que assistem ao filme, como por exemplo o fato de o planeta pertencer a um sistema solar duplo.,ou seja, que tem dois sóis girando em torno do centro do sistema. Um deles é amarelo(como o Sol terrestre) e o outro é vermelho. também é dito no roteiro que no planeta há aves de rapina que se alimentam de metal, devorando máquinas usadas e robôs fora de funcionamento.

Tatooine Era um planeta esquecido na época da Velha República Galáctica. Sem importância nem para os antigos impérios Sith nem para a república que sempre os derrotava com seus cavaleiros Jedi, acabou ficando sob o controle dos Hutt, habitantes do planeta pantanoso de Nal-Hutta, e de sua lua Nar-Shaddaa.

Com a exceção de Nal Hutta, que é um pântano viscoso que só os Hutts acham legal, todos os planetas por eles controlados se tornaram capitais das gangues e jogatinas. Os Hutts normalmente eram os maiores gângsters. Em Tatooine, Um Hutt em especial ganhou enorme prestígio. Seu nome era Jabba. No episódio IV, o personagem Han Solo revelou que precisava do dinheiro ganho transportando pessoas em sua nave, A Millenium Falcon para pagar uma dívida com Jabba(Na nova versão do episódio, inlusive, há uma cena em que os dois tem uma breve conversa num dos hangares da cidade de Mos Eisley).

Local de filmagens no Saara tunisino

No episódio VI, Os personagens C-3PO, R2-D2, Lando Calrissian, Princesa Leia, Luke Skywalker e Chewbacca invadem o palácio de Jabba em Tatooine para salvarem o companheiro Han Solo, que está sob custódia do Hut, por não ter pago suas dívidas.

O único episódio da saga que não tem nenhuma cena passada em Tatooine é o episódio V, "O Império Contra-ataca"

Por sua superfície composta apenas por areia, que reflete a luz dos sóis, Tatooine é tão brilhante, que parece um terceiro sol. Na verdade, Milhares de anos antes do episódio I, achava-se que o planeta era mesmo um terceiro Sol.

Os habitantes naturais de Tatooine são Os "Tusken Raiders", conhecidos como o povo da areia. São capazes de sobreviver com pouca água, brutais, primitivos e violentos. Vivem em tribos nômades e pouco organizadas. Outros habitantes são os Jawas, criaturinhas estranhas de baixa estatura que vivem do comércio de mercadorias como peças, robôs, etc.

Alguns animais de Tatooine são os Banthas, espécies de mamutes com cabeça de búfalos e Sarlacs, gigantencos vermes que vivem sob a terra, apenas com a boca aparente, o que o faz parecer um imenso poço, só que cheio de dentes, tentáculos e línguas, que ainda arrota quando alguma coisa escorrega para seu interior. Os Tusken Raiders domesticam espécies estranhas de lobos.

Tatooine foi o lar de Obi-Wan Kenobi depois da queda dos jedi


Ksar Ouled Soltane, um celeiro fortificado berbere perto de Tataouine, que inspirou os criadores do filme e onde foram rodadas algumas cenas
Local de filmagens no sul da Tunísia

Tatooine é um imenso planeta deserto formado pela inóspita região do Sea of Dune e Judland Wastes, uma região desértica montanhosa, onde se encontra a população colonizadora do planeta. As formas de vida nativas inteligentes de Tatooine são os Jawas e os nômades Tusken, também conhecidos como Povo da areia. Os Jawas atuam principalmente como comerciantes de todo tipo ferro-velho que possa ser útil (principalmente droids). Os nômades Tusken, cobertos com máscaras, óculos e bandagens para se protegerem das tempestades de areia e outros perigos, são extremamente arredios e selvagens. Os nômades Tusken levam uma vida errante, vivem apenas em função de encontrar alimentação e proteção, eles raramente aceitam qualquer forasteiro em seus territórios. O Jedi Sharad Hett foi uma exceção a esta regra. Após colidir sua nave contra o planeta, Sharad foi acolhido e tornou-se líder de um bando de Tuskens. Sharad teve um filho chamado A'Sharad Hett que, posteriormente, foi levado por Ki-Adi-Mundi para ser treinado em Coruscant. A colonização de Tatooine, que gira em órbita das estrelas conhecidas como Tatoo I e II, começou com mineradores e fazendeiros. A primeira colônia a ser criada no planeta foi Bestine. Posteriormente foram criadas Mos Eisley e Mos Espa. Nesta primeira etapa os colonizadores contaram com a ajuda vital dos Jawas, e assim o planeta começou a ser conhecido a partir de um termo dos próprios Jawas: "Tah-doo-Een-e". Através dos Jawas os colonizadores aprenderam sobre a geografia do planeta, as suas formas de vida e principalmente do perigoso Povo da areia.

Os número de colonizadores em Tatooine expandiu-se e, necessitando proteção contra os nômades Tusken, ao norte de Bestine foi fundado o Forte Tusken, na Jundland Wastes. Bestine e o Forte Tusken sofreram com a necessidade de serem gerados suprimentos para tantos soldados em uma terra tão inóspita. Por várias estações os nômades realizaram ataques. A resistência dos colonizadores foi minada e a região foi abandonada, os fazendeiros e mineiros de Ore que sobraram se deslocaram até Mos Eisley, onde as operações em breve seriam inauguradas. Mas uma tragédia em breve colocaria fim ao ciclo de colonização de Tatooine... 'Tatoo III', a nova estção orbital do planeta, fora destruída. O que parecia ser um acidente de reabastecimento de uma nave, foi esclarecido com a ajuda dos depoimentos dos sobreviventes. O culpado era o metal produzido em Tatooine. Após ser trabalhado e exposto a radiação galática o material adquiria propriedades magnéticas poderosas e indesejáveis. Uma solução para o problema sairia muito cara e com isso todo investimento em Tatooine foi abandonado. Embora alguns mineradores tenham abandonado o planeta a maioria da população de fazendeiros permaneceu em Tatooine. Com o fim dos negócios, a maioria dos equipamentos de mineração foi vendida ou então reclamada pelos Jawas, que assim obtiveram seus famosos Sandcrawlers. Posteriormente o planeta, longe dos interesses da República começou a ser frequentado por uma variedade de tipos, geralmente criminosos ou proscritos, com isso inúmeras atividades clandestinas surgiram, como as corridas de Pod, no feriado não oficial de Boonta e os campeonatos de Sabaac, todos patrocinados pelos Hutts. As formas de vida em Tatooine incluem os Banthas, animais de grande porte perfeitamente adaptados a vida desértica, utilizados como animais de tração e até mesmo locomoção, Dewbacks e outros poucos animais de médio e pequeno porte. Outras formas de vida são o feroz Krayt Dragon e o Sarlacc. O Sarlacc vive na Cova de Carkoon, no Dune Sea, ou mar de dunas.Trata-se de uma criatura singular, dotada de tentáculos, bico e dentes afiados. Possui um sistema digestivo enorme que demora cerca de 1000 anos para digerir os alimentos.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tatooine

{{Navbox |titlestyle = |groupstyle = |name = Star Wars |state = autocollapse |title = Star Wars |above =

| group1 = Filmes principais | list1 =