Tatum O'Neal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tatum O'Neal
Nome completo Tatum Beatrice O'Neal
Outros nomes Tantrum
Tatesky
Nascimento 5 de novembro de 1963 (50 anos)
Los Angeles, Califórnia
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Cônjuge John McEnroe - (1986 - 1994)
Atividade 1973 - presente
Oscares da Academia
Melhor atriz coadjuvante
1974 - Lua de Papel
Prêmios Globo de Ouro
Nova estrela do ano - Atriz
1974 - Lua de Papel
IMDb: (inglês)


Tatum Beatrice O'Neal (Los Angeles, 5 de novembro de 1963) é uma atriz norte-americana. É a ganhadora do Oscar de melhor atriz coadjuvante do ano de 1973 pela sua atuação no filme Lua de Papel. Com apenas dez anos tornou-se a pessoa mais jovem a ganhar um Óscar.[1] Dois anos depois, atuando no filme Garotos em Ponto de Bala, ganhava 350 mil dólares e uma porcentagem sobre os lucros. A partir daí houve um declínio em sua carreira artística.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O'Neal nasceu praticamente dentro do cinema, seu pai é o ator Ryan O'Neal e sua mãe é a atriz Joanna Moore. Seu irmão, Griffin, nasceu em 1964. Em 1967 seus pais se divorciaram. Seu pai se casou novamente com a atriz Leigh Taylor-Young, a mãe de seu meio-irmão, Patrick (que foi casado com a atriz Rebecca DeMornay). Ela também tem um outro meio-irmão, Redmond, da relação de Ryan O'Neal com a atriz Farrah Fawcett. A mãe de Tatum morreu no ano de 1997, vítima de câncer pulmonar aos 63 anos. Joanna pode ser vista em filmes como Touch of Evil.

Namoro[editar | editar código-fonte]

Tatum foi a primeira namorada do cantor Michael Jackson, em 1979. Na época os dois se conheceram numa festa em Beverly Hills e o relacionamento durou 4 anos.

Choque Mortal[editar | editar código-fonte]

Em 1985, Tatum viveu a prostituta Scarlett em Choque Mortal, filme que protagonizou ao lado da cantora Irene Cara. Foi uma fase próspera em sua vida, as coisas pareciam melhorar, mas infelizmente essa foi a sua última produção de destaque no universo cinematográfico.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Em 1 de agosto de 1986, O'Neal se casou com o tenista John McEnroe e juntos tiveram três filhos: Kevin (nascido em 23 de maio de 1986), Sean (nascido em 23 de setembro de 1987) e Emily (nascida em 10 de maio de 1991). O casal se separou em 1994, após um divórcio litigioso. O campeão moveu uma longa batalha judicial pela guarda dos filhos. McEnroe saiu-se vitorioso em razão da dependência química da ex-mulher.

Uma Vida de Papel[editar | editar código-fonte]

Em sua autobiografia intitulada Uma Vida de Papel, Tatum alega ter sido molestada por um amigo de seu pai. Ela também afirma ter sido abusada fisica e psicologicamente pelo seu pai. Segundo ela muitos desses abusos foram devido ao uso de drogas. Neste livro, Tatum O'Neal relata também suas próprias experiências com a heroína e as consequências do uso das drogas no relacionamento com seus filhos. Seu livro de memórias ficou muito tempo na lista dos mais vendidos e ganhou destaque na mídia.

Referências

  1. Oscares database Awardsdatabase.oscars.org.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Eileen Heckart
por Butterflies Are Free
Oscar de melhor atriz coadjuvante
por Paper Moon

1974
Sucedida por:
Ingrid Bergman
por Murder on the Orient Express