Tavinho Moura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tavinho Moura é o nome artístico de Otávio Augusto Pinto de Moura (Juiz de Fora, 9 de agosto de 1947), compositor mineiro da geração do Clube da Esquina. Gravou vários discos e trilhas sonoras de filmes, com notável expressividade no meio musical e cinematográfico.

Sua obra é principalmente composta por pesquisa e adaptação do folclore mineiro e brasileiro como por exemplo em "Calix Bento", adaptado da Folia de Reis, ou "Peixinhos do Mar", uma canção tradicional de marujada. Começou a carreira compondo trilhas sonoras para filmes, o que lhe rendeu diversos prêmios. Lançou seu primeiro disco "Como Vai Minha Aldeia" em 1978 pela RCA.

Como compositor já foi gravado por Milton Nascimento, Sérgio Reis, Beto Guedes, Almir Sater, Boca Livre, Simone, Zizi Possi, Pena Branca & Xavantinho, 14 Bis entre outros.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Orquestra Sinfônica de Minas Gerais- Palácio das Artes (2004)
  • Cruzada (2001)
  • Diadorado (1995)
  • O Aventureiro do São Francisco (1994)
  • Caboclo D'Água - INSTRUMENTAL DE VIOLA (1992)
  • Engenho Trapizonga (1982)
  • Cabaret Mineiro - Trilha Sonora do Filme (1981)
  • Tavinho Moura (1980)
  • Como Vai Minha Aldeia (1978)

Participações[editar | editar código-fonte]

  • Milton Nascimento - Sua Vida, Sua Música (Milton Nascimento)
  • Violeiros do Brasil (Vários Intérpretes)
  • Sentinela (Milton Nascimento)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]