Tchê Barbaridade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tchê Barbaridade é um conjunto de musical da cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Surgido no início dos anos 90 é conhecido como um dos criadores da Tchê Music[1] , o novo estilo da banda levou a um conflito com a tradicional música gaúcha.[2]

Entre suas principais músicas estão Moça Fandangueira, Apaixonado, De a cavalo, É sábado o dia, Fusca do tchê, Lá vem o Tchê, Batucada do Tchê, Indecisão e, das mais novas vem Você não vale nada, Bate coração, Games people play, Agora é tarde, entre outras, quase todas na voz de Marcelo Noms ou, simplesmente, Marcelo do Tchê.

Discografia[3] [editar | editar código-fonte]

  • Tchê Barbaridade (1989)[4]
  • Moça Fandangueira (1991)[4]
  • Ausência (1994)[4]
  • Tchê Barbaridade - Vol. 4 (1995)[4]
  • Campeiros & Apaixonados (1996)[4]
  • 10 Anos Mais Fandangueiro (1997)[4]
  • Gaitaço Brasileiro (1998)[4]
  • O Tchê Chegou (1999)
  • 20 Grandes Sucessos Ao Vivo (2000)
  • O Tchê é 10! (2001)
  • Lá Vem o Tchê (2003)
  • Na Palma da Mão (2004)
  • Ao Vivo em Porto Alegre (2006) (CD/DVD)
  • Regional Brasileiro (2007)
  • Tchê Mania Ao Vivo (2008) (CD/DVD)
  • Cante e Dance (2009)
  • Tchê Barbaridade - Volume 17 (2010)
  • 100% Gaúcho (2011)
  • Baile do Tchê (2011)
  • 100% Gaúcho Vol. 2 (2013)

Prêmios[3] [editar | editar código-fonte]

  • Disco de Ouro - Tchê Barbaridade 100% vanera ao vivo[2]
  • Disco de Ouro - Tchê Music ZH
  • Disco de Ouro - Tchê Barbaridade - Na Palma da mão

Referências

  1. Tudo Junto & Misturado - Mas Bah Tchê! Isso não é coisa de gaúcho!. MTV Brasil (16 de abril de 2009). Página visitada em 13 de dezembro de 2009.
  2. a b Tchê Barbaridade - Artistas da Semana. Band FM, Lajes, 94,3. Página visitada em 13 de dezembro de 2009.
  3. a b Discografia. tchebarbaridade.com.br. Página visitada em 13 de dezembro de 2009.
  4. a b c d e f g Grupo Tchê Barbaridade. Página do Gaúcho (11 de abril de 1999). Página visitada em 13 de dezembro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]