Tecido-alvo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Abril de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Os tecidos-alvos são o órgão ou sítio onde uma determinada droga tem efeito.

São conhecidos como Sitios Alvos de ligação:

  • Enzimas da Cascata do Processo Inflamatório - Tendo a ação dos fosfolípidios de membrana transformando-se em ácido araquidônico, produzindo duas enzimas:Lipoxigenase:tendo ação dos Leucotrienos e a Enzima Cicloxigenase:tendo ação das Prostaglandinas(PG) e Tromboxanos(TxA), desenvolvendo os sinais logísticos como: dor, calor, rubor e edema, causando a perda da função tecidual;
  • Proteínas Transportadoras (Carreadoras) - Essas Proteínas carreadoras atuam no SNC, na fenda pré-sináptica, inicialmente. Ocorre uma recaptação e atuação do fármaco para impedir a entrada das proteínas na fenda pós-sináptica;
  • Receptores Ionotrópicos - Corresponde a entrada excessiva de cloreto entre os receptores;
  • Receptores Metabotrópicos - São Receptores acoplados ao 2º mensageiro, onde3 o fármnaco ativa o receptor,em que ela desacopla e ativa a Proteína G.Ela vai transcrever a informação do fármaco, induzindo a analgesia.Então, a Proteína G retorna ao repouso at´´e a aderência de outra melécula de fármaco no receptor.
  • Receptores acoplados ao DNA - Os receptorea acoplados ao DNA são alvo de ação de alguns fármacos como corticóides, seus receptores estão no citoplasma, portanto o fármaco deve atravessar a Membrana Plasmática para encontrar seu receptor.