Tecnólogo em mecatrônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Robôs industriais numa linha de produção.

O Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica (oficialmente chamado de Mecatrônica Industrial) se propõe à formação do denominado Tecnólogo em Mecatrônica, este que tem a sua formação caracterizada pela aprendizagem de técnicas para automatização e otimização dos processos industriais “discretos”, visando a compreensão de projetos, instalações, manutenção e integração desses processos.

O curso faz parte da área de Controle e Processos Industriais no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia.

Algumas disciplinas abordadas[editar | editar código-fonte]

O Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial é realizado em módulos que geralmente abordam as seguintes componentes:

Controle e Processos Industriais[editar | editar código-fonte]

Com o propósito de aprimorar e fortalecer os cursos superiores de tecnologia e em cumprimento ao Decreto n° 5.773/06, o Ministério da Educação elaborou o Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia como um guia para referenciar estudantes, educadores, instituições ofertantes, sistemas e redes de ensino, entidades representativas de classes, empregadores e o público em geral.

O curso de Mecatrônica Industrial faz parte da área de Controle e Processos Industriais juntamente com os cursos de:


Carga horária[editar | editar código-fonte]

Mínimo requirido pelo MEC 2400 horas.

Atribuições[editar | editar código-fonte]

O Tecnólogo em Mecatrônica Industrial atuará nas áreas de mecânica, informática industrial e eletroeletrônica, de forma multidisciplinar, para projetar, otimizar, analisar, implementar, manter e supervisionar sistemas industriais. Ele apresenta também, competências para desenvolver ações empreendedoras, gerenciar equipes de trabalho, demonstrando autonomia, responsabilidade, facilidade de adaptação e de relacionamento e capacidade de tomar decisões, além de interpretar e aplicar legislação e normas de segurança do trabalho e ambientais. Ao final do curso, o profissional em Mecatrônica Industrial terá desenvolvido uma base técnico-científica traduzida pelas seguintes competências:

  • Operacionalizar sistemas de manufatura baseados no uso do CNC, CAD/CAM, CLP e da robótica;
  • Avaliar, planejar e executar o retrofitting de máquinas com comando numérico computadorizado;
  • Projetar e ajustar os compensadores mais utilizados no controle de processos industriais;
  • Planejar e executar a manutenção de sistemas mecatrônicos;
  • Analisar e inspecionar serviços técnicos em automação;
  • Dimensionar e avaliar a capacidade de sistemas automatizados industriais;
  • Garantir procedimentos e métodos de controle e de avaliação de qualidade por meio de sistemas mecatrônicos;
  • Gerenciar processos em indústrias automatizadas;
  • Planejar, projetar, desenvolver e implementar projetos de sistemas mecatrônicos.
  • Projetar e implementar os processos assistidos por computador através dos sistemas supervisórios

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]