Tekuder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ahmed Tekuder(Тэгүдэр), também conhecido como Sultão Ahmad foi o il-khan entre 1282 a 1284. Era filho de Hulagu Khan e irmão de Abaca Khan.

Nascido cristão nestoriano, seu nome original era Nicolau Tekuder Khan, mas, ao converter-se ao Islamismo passou a chamar-se Ahmed Tekuder e, quando assumiu o trono, em 1282, transformou o Ilcanato em sultanato. Foi sucedido por seu sobrinho Arghun Khan.

O il-khan foi acusado por seu sucessor de ter transgredido a lei mongol, por sua conversão ao Islã. Entretanto, a fé muçulmana de Ahmed não parece ter dado origem a uma política anticristã. Há testemunhos de sua extraordinária liberalidade em relação às igrejas cristãs. A perseguição a que se referem alguns cronistas parece ter sido sobretudo dirigida contra os partidários de seu sobrinho e rival, Arghun[1] As insurreições durante seu reinado devem, portanto, ser atribuídos não à religão mas à falta de energia de Ahmed para lidar com potenciais rivais, tais como seu sobrinho e seu irmão.[2]

O sobrinho Arghun, governador de Coração, era budista e acabou por aglutinar os budistas e cristãos em torno dele, procurando o apoio de Kublai Khan, imperador da Dinastia Yuan, contra o tio. Não recebeu ajuda, mas mesmo assim declarou guerra a Tekuder. Este procurou ajuda do Sultanato Mameluco, também sem sucesso. Com apenas um pequeno exército, Tekuder acabou sendo vencido pelas tropas bem mais numerosas de Arghun, e foi executado em 10 de agosto de 1284.

Referências

  1. Histoire de Mar Jabalaha III, tr. J. B. Chabot, Paris, 1895, pp. 45ff.
  2. Encyclopaedia Iranica. AḤMAD TAKŪDĀR
Precedido por
Abaka
Ilcanato
12821284
Sucedido por
Arghun