Temiscira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Temiscira, na mitologia grega, era uma cidade localizada no Ponto Euxino, na foz do rio Termodonte, onde ficava o palácio das amazonas.[1]

Suas habitantes lutaram contra Héracles, durante o nono trabalho (roubar o cinturão de Hipólita),[2] e foram derrotadas. A maioria das amazonas foi morta, outras fugiram, e as sobreviventes foram escravizadas, de modo que a raça das amazonas foi exterminada.[3]

De acordo com Hégias de Trezena, Héracles capturou Temiscira no Termodonte pela traição da amazona Antíopa, que se apaixonou por Teseu, que estava com o exército de Héracles cercando a cidade, e abriu as portas da fortaleza.[4]

Mapa do Ponto, mostrando as cidades com o nome moderno. Segundo Diodoro Sículo, Temiscira se localizava onde, no mapa, está Ünye.

O nome era dado à atual cidade turca de Ünye, na região da Capadócia, antiga colônia grega (Temiscira do Ponto), situada junto à foz do rio Termodonte (atual Terme Çayi). É uma sede titular do catolicismo romano.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro IV, 16.1 [ael/fr][en][en]
  2. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro IV, 16.2 [ael/fr][en][en]
  3. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro IV, 16.4 [ael/fr][en][en]
  4. Hégias de Trezena, citado por Pausânias, Descrição da Grécia, 1.2.1 [em linha]
  5. Themiscyra, Catholic Encyclopedia
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.