Tempestade de inverno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gelo em linhas de transmissão. Note que a grande quantidade de gelo nos cabos elétricos faz com que os mesmos curvem-se ou mesmo quebrem, resultando em interrupções no fornecimento de eletricidade

Tempestade de inverno é um termo meteorológico geral que refere-se a qualquer tipo de evento meteorológico severo que envolva neve ou gelo. Nos climas temperados continentais, tais tempestades não são necessariamente restritas ao inverno, mas podem ocorrer durante o outono ou na primavera.

Tempestades de neve[editar | editar código-fonte]

Tempestades de neve são tempestades onde há grandes quantidades de queda de neve. A neve nestas tempestade é menos densa e pode se acumular muito facilmente. Quando a tempestade de neve é massiva e generalizada, além de outras condições meteorológicas, é chamada de nevasca.

Chuva congelada e tempestades de gelo[editar | editar código-fonte]

A chuva congelada é uma das mais perigosas tempestades de inverno. A chuva congelada ocorre quando a neve derrete ao encontrar uma camada mais quente de ar, mas entra em estado de sobrefusão, ou seja, a temperatura da gota de água cai para menos do que 0°C, mas a gota não se congela, entrando em sobrefusão. Quando a gota cai no solo ou encosta numa barreira, congela-se instantaneamente. A água em forma de gelo em linhas de transmissão de eletricidade, ou mesmo em árvores, pode representar um sério risco. As linhas de alta tensão podem se romper devido à grande quantidade de gelo, enquanto que as árvores podem cair. Quando a chuva congelada é massiva, é normalmente conhecida como tempestade de gelo.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Furacão Catrina Portal da
meteorologia

Referências

  1. Winter Storms (em inglês) The Weather Channel. Visitado em 18 de Junho de 2008.
Ícone de esboço Este artigo sobre Meteorologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.