Templo de Apolo Sosiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O templo de Apolo Sosiano, ou mais correctamente templo de Apolo em Circo, é um templo da Roma Antiga construído na zona denominada circo Flamínio, próximo ao teatro de Marcelo.

As três colunas do templo de Apolo Sosiano destacam-se próximo ao teatro de Marcelo.

As três colunas que sobreviveram à intempérie pertencem às remodelações da época de César Augusto, embora já existisse há muito tempo neste lugar (actual prata Flamínia) o culto ao deus Apolo: existem referências de uma área sacra (Apollinar) já existente em meados do século V a.C..

Em 431 a.C. é inaugurado o primeiro edifício religioso, dedicado a Apolo Medico, construído pelo cônsul Gneu Júlio no seguimento de uma epidemia de peste. O templo foi restaurado em 353 a.C. e provavelmente objecto de importantes trabalhos em 179 a.C. por obra do censor Marco Emílio Lépido, provavelmente para adequá-lo a um projecto de um teatro nas proximidades. à época de Júlio César, foi provavelmente dedicado à deusa Diana, irmã de Apolo, no seguimento do templo seu vizinho, durante os trabalhos para a edificação do teatro de Marcelo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Roma Antiga e o Império Romano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.