Templo de São Paulo (SUD)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Templo de São Paulo
Templo de sao paulo.jpg
Templo de São Paulo, Brasil
Número: 17
Anunciado: 1 de março de 1975[1]
Casa aberta: 17 de janeiro a 14 de fevereiro de 2004
Dedicado: 30 de outubro de 1978[1] (por Spencer W. Kimball)
Rededicado: 22 de fevereiro de 2004[2] (por Gordon B. Hinckley)
Área: 5,504 m²[1]
Precedido: Templo de Washington D.C.
Sucedido: Templo de Tóquio
Localização: São Paulo, SP
 Brasil
O templo do oeste.

O Templo de São Paulo é um templo religioso construído e operado por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Foi o décimo sétimo templo mórmon a entrar em funcionamento no mundo e foi o primeiro templo da denominação a ser construído no Brasil e na América do Sul.[2] Localiza-se na cidade de São Paulo, capital do estado de São Paulo na avenida Francisco Morato, Jardim Caxingui, no distrito do Butantã.

O templo foi anunciado em 1 de março de 1975.[1] A abertura de terra aconteceu em 20 de março de 1976, seguido pela abertura pública, em setembro de 1978. A dedicação ocorreu de 30 de outubro a 2 de novembro de 1978, feita por Spencer W. Kimball.[1]

A Doutrina de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ensina que os templos mórmons são locais sagrados onde são realizadas ordenanças por familiares e para a salvação. Ensina ainda que nos templos mórmos são encontradas a paz e verdades eternas.[3] Algumas ordenações e sacramentos praticados pelos Santos dos Últimos Dias são realizadas apenas nos templos, como o Casamento eterno e o batismo pelos mortos.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Anúncio e construção[editar | editar código-fonte]

Em 1 de março de 1975 foi realizada, no Palácio do Anhembi, em São Paulo, a Conferência Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Foi a primeira vez em que o Brasil sediou uma conferência mórmon.[5] Nessa ocasião, foi anunciada a construção do Templo de São Paulo, o primeiro templo da Igreja no Brasil e na América Latina, assim como a criação de duas novas estacas no país, a Estaca Manaus Brasil e a Estaca Brasília Brasil.[5] O anúncio foi dado por Spencer W. Kimball, presidente da igreja mórmon à época. O local escolhido para a construção do templo foi o bairro do Jardim Caxingui.[1]

Em 16 de março de 1976, o Apóstolo mórmon James E. Faust dedicou o local para a construção do templo.[1] A Doutrina dos Santos dos Últimos Dias prega que um local deve ser dedicado a Deus antes de a construção de um templo ser iniciado.

A construção do templo iniciou-se em 17 de março de 1976. O local reservado para a construção do templo, na Avenida Professor Francisco Morato, zona sul paulistana, tinha uma área total de 185 hectares.[1] O arquiteto responsável pela obra do templo de São Paulo foi Emil B. Fetzer, um arquiteto mórmon natural dos Estados Unidos.[1]

Mais de cem trabalhadores foram envolvidos na construção do templo, sendo os principais responsáveis pela obra o empreiteiro Christian Nielsen e os supervisores Jensen Ross e James Magleby.[1]

Em 20 de agosto de 2003, uma estátua folheada a ouro do anjo Moroni foi adicionada ao templo durante uma extensa renovação e ampliação do projeto 25 anos após a sua dedicação.

O templo foi rededicado em 22 de fevereiro de 2004, por Gordon B. Hinckley. Dias antes, de 17 de janeiro a 14 de fevereiro do mesmo ano, ocorreu uma abertura pública, que contou com a participação de milhares de santos dos últimos dias de todo o país, de autoridades políticas brasileiras e de personalidades, como a cantora Liriel, membro da Igreja.

O Templo de São Paulo possui duas salas de ordenanças e quatro salas de selamento, e tem uma área total de 59.223 pés quadrados (5.504 m²).

Referências

  1. a b c d e f g h i j Sao Paulo Brazil Temple (em português: Templo de São Paulo) LDS Church News. Visitado em 25 de dezembro de 2010.
  2. a b Templo de São Paulo é rededicado Sala de Imprensa. Visitado em 25 de dezembro de 2010.
  3. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Templos. Visitado em 25 de dezembro de 2010.
  4. Princípios do Evangelho. Ordenanças do Templo. Visitado em 13 de maio de 2010.
  5. a b A Liahona, Edição de maio de 1998

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal Santos dos Últimos Dias


Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.