Temporada 1925-26 da NHL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A temporada 1925–26 da NHL foi a nona temporada da National Hockey League (NHL). Sete times jogaram 36 partidas cada. O vencedor da Stanley Cup foi o Montreal Maroons, que derrotou o Victoria Cougars, da recém-renomeada Western Hockey League por 3-1 em uma série melhor de cinco.

Negócios da Liga[editar | editar código-fonte]

Um encontro especial foi realizado em 22 de setembro de 1925, para discutir a expansão para a cidade de Nova York. A NHL aprovou a expulsão da franquia do Hamilton Tigers e a entrada do clube New York Americans, o qual assinaria com os jogadores do Hamilton.[1] A franquia de Nova York foi garantida a Colonel J. S. Hammond e T. J. Duggan, embora a posse fosse secretamente "Big Bill" Dwyer, um infame contrabandista de Nova York, e jogou no Madison Square Garden.

No encontro anual de 7 de novembro de 1925, a liga adicionou outra franquia de expansão, em Pittsburgh, o terceiro time baseado nos Estados Unidos da NHL. O Ottawa Senators foi contra a entrada do time, mas perdeu na votação.[1] O time de Pittsburgh, conhecido como os Pirates, foi formado porque o antigo dono do Toronto na NHA, Eddie Livingstone, estava novamente tentando formar uma liga rival e mencionou Pittsburgh como uma das possíveis localizações de franquias. O presidente da liga, Frank Calder, e os governadores logo concordaraam em garantir à organização Pittsburgh Yellow Jackets uma franquia na NHÇ, conhecida como, Pittsburgh Pirates, como o time de beisebol. Odie Cleghorn deixou os Canadiens para assinar como jogador e técnico com Pittsburgh.[1]

Tommy Gorman e Ted Dey venderam suas parcelas no Ottawa Senators a T. Franklin Ahearn. Ahearn então contratou um executivo júnior bem sucedido, Dave Gill, para ser secretário-tesoureiro (administrador geral) do time e Gill contratou Alex Curry, um antigo jogador dos Senators na antiga NHA, para treinar o time. Gorman juntou-se à organização dos Americans.

Mudanças de Regra[editar | editar código-fonte]

  • Apenas dois jogadores de defesa dentro da zona da linha azul por vez.
  • O reinício de jogo por 'falta de ofensividade' a não ser se jogasse com a mão encurtada.
  • Apenas capitães dos times poderiam falar com os árbitros.
  • Os marcadores do tempo marcariam o fim do período com um gongo em vez do apito dos árbitros.
  • O enchimento dos goleiros seria limitado a 12" de largura.
  • Limite de 14 jogadores no elenco, apenas 12 escolhidos para cada jogo.
  • O teto de salário do time sera de $35,000.

[2]

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

O Hamilton Tigers passou suas primeiras cinco temporadas na NHL na última posição até a última temporada, quando foram de piores a melhores. O sucesso desempenhado pelos jogadores do Tigers não foi carregado a New York, todavia, pois os Americans terminaram no quinto lugar geral, com um desempenho de 12–20–4.

Eddie Gerard melhorou os Montreal Maroons ao assinar com Nels Stewart e Babe Siebert e assinar com o antigo atleta olímpico Dunc Munro para a defesa. Os Marrons estavam em seu caminho para a glória.

Nels Stewart não apenas marcou o recorde de gols para um estreante, como também se tornou o primeiro estreante a se tornar o artilheiro da liga.

Desde temporada 1910–11 Georges Vezina havia sido o goleiro do Montreal Canadiens, e os liderou para a Copa em 1916 e 1924. Na primeira partida desta temporada, ele passou mal no gelo ao final do segundo período. Foi descoberto que ele tinha tuberculose, da qual morreu em março de 1926.

O técnico de Ottawa Curry obteve certo sucesso, já que pegou o time que havia ficado em quarto lugar geral e o colocou em primeiro, com uma marca impressionante de 24–8–4, e a expansão Pittsburgh Pirates, com um forte elenco de ex-amadores liderado pelos futuros integrantes do Hall da Fama Roy Worters e Lionel Conacher, terminou em terceiro.

Melhores Momentos[editar | editar código-fonte]

Primeio jogo no Madison Square Garden foi em 15 de dezembro de 1925

A primeira partida da temporada regular no Madison Square Garden, entre Montreal Canadiens e a expansão New York Americans, foi um grande evento. Cerimônias de abertura incluíram performances da Banda dos Seguranças de Ottawa do Governador-Geral e pela Banda Militar do Oeste dos Estados Unidos, apresentações de 'patinação artística', um jogo em miniatura entre os mascotes dos times e o início do jogo pelo prefeito de Nova York, John F. Hylan, e por Tex Rickard. O público foi de 19.000 e os preços dos ingressos subiram de $1.50 para $11.50. Os recibos do portão foram doados à Sociedade Neurológica de Nova York. Montreal venceu a partida liderado por Cooper Smeaton por 3–1, e receberam o Troféu Príncipe de Gales.[3] (O Troféu seria entregue no futuro aos campeões dos play-offs da NHL.)

Classificação Final[editar | editar código-fonte]

National Hockey League
Times J V D E GP GC PEM Pts
Ottawa Senators 36 24 8 4 77 42 341 52
Montreal Maroons 36 20 11 5 91 73 554 45
Pittsburgh Pirates 36 19 16 1 82 70 264 39
Boston Bruins 36 17 15 4 92 85 279 38
New York Americans 36 12 20 4 68 89 361 28
Toronto St. Patricks 36 12 21 3 92 114 325 27
Montreal Canadiens 36 11 24 1 79 108 458 23

Nota: J = Partidas jogadas, V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, Pts = Pontos, GP = Gols pró, GC = Gols contra, PEM=Penalisades em minutos
Times que se classificaram aos play-offs estão destacados em negrito.

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

PJ = Partidas Jogadas, G = Gols, A = Assistências, Pts = Pontos, PEM = Penalizações em Minutos

Jogador Time PJ G A Pts
Nels Stewart Montreal Maroons 36 34 8 42
Cy Denneny Ottawa Senators 36 24 12 36
Carson Cooper Boston Bruins 36 28 3 31
Jimmy Herberts Boston Bruins 36 26 5 31
Howie Morenz Montreal Canadiens 31 23 3 26
Jack Adams Toronto St. Patricks 36 21 5 26
Aurel Joliat Montreal Canadiens 35 17 9 26
Billy Burch New York Americans 36 22 3 25
Hooley Smith Ottawa Senators 28 16 9 25
Frank Nighbor Ottawa Senators 35 12 13 25

Goleiros Líderes[editar | editar código-fonte]

PJ = Partidas Jogadas, V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, TNG = Tempo no Gelo (minutos), GC = Gols Contra, TG = Tiros ao Gol, MGC = Média de gols contra

Jogador Time PJ GC TG MGC
Georges Vezina Montreal Canadiens 1 0 0 0.0
Alex Connell Ottawa Senators 36 42 15 1.2
Roy Worters Pittsburgh Pirates 35 68 7 1.9
Odie Cleghorn Pittsburgh Pirates 1 2 0 2.0
Clint Benedict Montreal Maroons 36 73 6 2.0
Charles Stewart Boston Bruins 35 80 6 2.3
Jake Forbes New York Americans 36 89 2 2.5
Bill Taugher Montreal Canadiens 1 3 0 3.0
Herb Rheaume Montreal Canadiens 29 89 0 3.1
Alphonse Lacroix Montreal Canadiens 5 16 0 3.43
John Ross Roach Toronto St. Patricks 36 114 2 3.2
Maurice Roberts Boston Bruins 1 5 0 5.0

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Essa foi a última temporada que viu desafiantes de fora da NHL competirem pela Stanley Cup. Ao início da temporada, a Western Canada Hockey League foi renomeada para Western Hockey League porque uma de suas equipes, o Regina Capitals, havia se mudado para os Estados Unidos para jogar em Portland, Oregon. Eles foram renomeados para Portland Rosebuds.

Mais uma vez, o Victoria Cougars terminou em terceiro em sua liga porém venceram o campeonato da liga e tiveram o direito de jogar pela Stanley Cup. Na temporada anterior, os Cougars bateram o Montreal Canadiens pela Stanley Cup, sendo aquela a única vez na história em que um time de fora da NHL venceu a Copa. Após os play-offs de 1926, a Western Hockey League deixaria de existir, deixando a Stanley Cup inteiramente para a NHL. A Copa nunca mais seria disputada por uma equipe de fora da NHL, apesar de esforços para uma "Liberar a Stanley" durante a greve na Temporada 2004–05 da NHL. Essa também foi a única temporada na história da NHL em que o número de play-offs foi menos na metade do número de times da liga.

Todas as datas em 1926

Campeonato da NHL[editar | editar código-fonte]

O segundo classificado Montreal Maroons bateu o terceiro Pittsburgh Pirates e então foi derrotar o primeiro colocado Ottawa Senators por 2 gols a 1 na série de duas partidas por total de gols, conseguindo a Copa O'Brien, o Troféu Príncipe de Gales, e o direito de enfrentar o Victoria Cougars pela Stanley Cup.

Pittsburgh Pirates vs. Montreal Maroons

Data Visitante Placar Mandante Placar Notas
8 de março Pittsburgh Pirates 1 Montreal Maroons 3
11 de março Pittsburgh Pirates 3 Montreal Maroons 3

Montreal a série por 6 gols a 4

Montreal Maroons vs. Ottawa Senators

Data Visitante Placar Mandante Placar Notas
25 de março Montreal Maroons 1 Ottawa Senators 1
27 de março Montreal Maroons 1 Ottawa Senators 0

Montreal venceu a série por gols a 1.

Finais[editar | editar código-fonte]

Nels Stewart era um "Veneno Antigo" para o Victoria Cougars, pois havia marcado 6 gols nos 4 jogos e o goleiro Clint Benedict havia batido o time do oste três vezes.

Victoria Cougars vs. Montreal Maroons

Data Visitante Placar Mandante Placar Notas
30 de março Victoria Cougars 0 Montreal Maroons 3
1º de abril Victoria Cougars 0 Montreal Maroons 3
3 de abril Victoria Cougars 3 Montreal Maroons 2
6 de abril Victoria Cougars 0 Montreal Maroons 2

Montreal Maroons venceu a série melhor de 5 po 3-1 para a Stanley Cup.

Artilheiro do play-off da NHL[editar | editar código-fonte]

PJ = Partidas Jogadas, G =Gols, A = Assistências, Pts = Pontos,

Jogador Time PJ G A Pts
Nels Stewart Montreal Maroons 8 6 3 9

Prêmios da NHL[editar | editar código-fonte]

Troféu Memorial Hart: Nels Stewart, Montreal Maroons
Troféu Memorial Lady Byng: Frank Nighbor, Ottawa Senators
Copa O'Brien: Montreal Maroons
Troféu Príncipe de Gales: Montreal Canadiens (por vencer a primeira partida no Madison Square Gardens)
Montreal Maroons (pelo campeonato da NHL)

Estreias[editar | editar código-fonte]

O seguinte é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu primeiro jogo na NHL em 1925–26 (listados com seu primeiro time, asterisco(*) marca estreia nos play-offs):

Últimos Jogos[editar | editar código-fonte]

O seguinte é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu último jogo na NHL em 1925-26 (listados com seu último time):

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c Coleman (1966), p. 487.
  2. Coleman (1966), p. 488.
  3. "New York Beaten By Canadiens, 3–1", The Globe, p. 10.


Precedido por
1924-25
Anexo:Lista de temporadas da NHL
1925-26
Sucedido por
1926-27