Temporada 1927-28 da NHL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A temporada 1927–28 da NHL foi a décima primeira temporada da National Hockey League (NHL). Dez times jogaram 44 partidas cada. O New York Rangers venceu a Stanley Cup ao bater o Montreal Maroons, tornando-se o primeiro time baseado nos Estados Unidos desde a formação da NHL a vencer e desde o título do Seattle Metropolitans em 1917.

Negócios da Liga[editar | editar código-fonte]

A Copa O'Brien, que geralmente ia para a National Hockey Association (NHA), e posteriormente para o campeão da liga da NHL, iria agora para o campeão da Divisão Canadense. O Troféu Príncipe de Gales, primeiramente dado ao vencedor do primeiro jogo no Madison Square Garden, e posteriormente ao campeão da NHL, iria agora para o vencedor da Divisão Americana.

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

O Ottawa Senators, de longe o maior mercado da liga, foi afetado pelas franquias nos Estados Unidos e, com a escalada dos salários, estavam com problemas financeiros como consequência, requerendo uma grande receita nos jogos fora de casa para os outros times. Eles também venderam sua estrela, o asa direita Hooley Smith para o Montreal Maroons por $22.500 e pelo retorno do asa direita Punch Broadbent, seguido pela venda do defensor Edwin Gorman para Toronto. Parte do problema era que a torcida de Ottawa tendia a ir para jogos apenas contra adversários canadenses.

Howie Morenz, o principal jogador da NHL, dominou a corrida da artilharia e foi o vencedor do Troféu Memorial Hart. Ele marcou 33 gols e também liderou a liga em assistências. Apesar das dificuldades financeiras de Ottawa, Alex Connell, goleiro do time, fez um recorde de seis shutouts consecutivos ou um período de 460 minutes e 59 segundos sem levar gols.

Toronto, agora Maple Leafs, mostrou poder cedo e pareceu que faria oos play-offs. Todavia, lesões de Hap Day e Bill Carson prejudicaram o tiem, e os Leafs caíram para quarto, fora dos playoffs.

Graças às grandes atuações de Eddie Shore e do goleiro Hal Winkler, que empatou com Connell como líder nos shutouts com 15, o Boston Bruins terminou em primeiro pela primeira vez na Divisão Americana, enquanto os Canadiens, que estavam disparados na Divisão Canadense no meio da temporada, escorregaram após a lesão de Pit Lepine mas conseguiram se manter na liderança ao fim da temporada.

Classificação Final[editar | editar código-fonte]

Nota: V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, Pts = Pontos, GP= Gols Pró, GC = Gols Contra, PEM = Penalizações em minutos
Nota: Times que se classificaram aos play-offs estão em negrito.

Divisão Canadense PJ V D E Pts GP GC PEM
Montreal Canadiens 44 26 11 7 59 116 48 496
Montreal Maroons 44 24 14 6 54 96 77 549
Ottawa Senators 44 20 14 10 50 78 57 483
Toronto Maple Leafs 44 18 18 8 44 89 88 436
New York Americans 44 11 27 6 28 63 128 563
Divisão Americana PJ V D E Pts GP GC PEM
Boston Bruins 44 20 13 11 51 77 70 558
New York Rangers 44 19 16 9 47 94 79 462
Pittsburgh Pirates 44 19 17 8 46 67 76 395
Detroit Cougars 44 19 19 6 44 88 79 395
Chicago Black Hawks 44 7 34 3 17 68 134 375

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

PJ = Partidas Jogadas, G = Gols, A = Assistências, Pts = Pontos, PEM = Penalizações em Minutos

Jogador Time PJ G A Pts
Howie Morenz Montreal Canadiens 43 33 18 51
Aurel Joliat Montreal Canadiens 44 28 11 39
Frank Boucher New York Rangers 44 23 12 35
George Hay Detroit Cougars 42 22 13 35
Nels Stewart Montreal Maroons 41 27 7 34
Art Gagne Montreal Canadiens 44 20 10 30
Bun Cook New York Rangers 44 14 14 28
Bill Carson Toronto Maple Leafs 32 20 6 26
Frank Finnigan Ottawa Senators 38 20 5 25
Bill Cook New York Rangers 43 18 6 24
Duke Keats Detroit Cougars/Chicago Black Hawks 38 14 10 24

Goleiros Líderes[editar | editar código-fonte]

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Na Divisão Canadense, o Montreal Maroons derrotou o Ottawa Senators e foram ao limite contra os Canadiens antes de Russell Oatman colocar os Maroons nas finais com gol na prorrogação.

Na Divisão Americana, o New York Rangers derrotou o Pittsburgh Pirates em uma série difícil, e então bateu Boston para ir às finais contra o Montreal Maroons.

Finais[editar | editar código-fonte]

The circus knocked the Rangers out of Madison Square Garden, and all games would be played in the Montreal Forum, even though Boston offered to host the Rangers. The Maroons won game one 2–0, with Nels Stewart and goaltender Clint Benedict the stars.

O drama instalou-se no jogo 2, quando Nels Stewart desferiu um grande chute que atingiu o goleiro do New York Lorne Chabot nos olhos. Ele não pôde continuar, e os Rangers precisavam de outro goleiro. Todavia, quando o técnico Eddie Gerard se recusou a deixar os Rangers usarem Alex Connell ou o goleiro menos conhecido Hugh McCormick, Lester Patrick, técnico dos Rangers, com raiva, decidiu colocar o uniforme ele mesmo. Os Rangers, então, atacaram com o corpo qualquer jogador do Maroon que chegou próximo a Patrick. Bill Cook marcou, colocando os Rangers à frente: 1–0, mas Nels Stewart não foi impedido e marcou, empatando o jogo. Na prorrogação, Frank Boucher marcou o gol da vitória dos Rangers e eles carregaram Patrick, com lágrimas caindo dos olhos, do gelo.

Joe "Red Light" Miller, goleiro do New York Americans, pôde pegar o lugar de Chabot no gol e jogou bem na derrota por 2-0 no jogo 3. Todavia, Frank Boucher estrelou quando os Rangers ganharam as duas partidas seguintes, e a Stanley Cup. O drama quase se instalou no jogo final quando Miller sofreu um grave corte em uma finalização, mas ele pôde continuar. A torcida ficou revoltada algumas vezes e o árbitro Mike Rodden sofreu xingamentos por gols anulados dos jogadores do Maroon. Até o presidente da NHL Frank Calder foi alvo de alguns torcedores por não intervir. Os Rangers tornaram-se o segundo time Americano a vencer a Copa e o primeiro time americano da NHL a fazê-lo.

New York Rangers vs. Montreal Maroons

Data Visitante Placar Mandante Placar Notas
5 de abril New York Rangers 0 Montreal Maroons 2
7 de abril New York Rangers 2 Montreal Maroons 1 (OT)
10 de abril New York Rangers 0 Montreal Maroons 2
12 de abril New York Rangers 1 Montreal Maroons 0
14 de abril New York Rangers 2 Montreal Maroons 1

New York venceu a série melhor de 5 por 3–2

Prêmios da NHL[editar | editar código-fonte]

Prêmios da NHL de 1927-28
Copa O'Brien: Montreal Canadiens
Troféu Príncipe de Gales: Boston Bruins
Troféu Memorial Hart: Howie Morenz, Montreal Canadiens
Troféu Memorial Lady Byng: Frank Boucher, New York Rangers
Troféu Vezina: George Hainsworth, Montreal Canadiens

Estreias[editar | editar código-fonte]

O seguinte é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu primeiro jogo na NHL em 1927–28 (listados com seu primeiro time, asterisco(*) marca estreia nos play-offs):

Últimos Jogos[editar | editar código-fonte]

O seguinte é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu último jogo na NHL em 1927-28 (listados com seu último time):

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]


Precedido por
1926-27
Anexo:Lista de temporadas da NHL
1927-28
Sucedido por
1928-29