Temporada 1979-80 da NHL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A temporada 1979-80 da NHL foi a 63.ª temporada da National Hockey League (NHL). Vinte e um times jogaram 80 jogos cada. Essa temporada viu a entrada de quatro times depois do colapso da World Hockey Association (WHA) como equipes de expansão. O Edmonton Oilers, Winnipeg Jets, New England Whalers (depois renomeado "Hartford Whalers" por conta da insistência do Boston Bruins), e Quebec Nordiques se juntaram à NHL, fazendo um total de 21 times. Os outros dois times da WHA (Birmingham Bulls e Cincinnati Stingers) não entraram.

A temporada também marcou a oitava e última temporada do Flames em Atlanta, antes da franquia se mudar para Calgary. A NHL retornaria à capital da Georgia em 1999 com a estreia do Thrashers.

O colapso da WHA também motivou a ida do jovem astro Wayne Gretzky para a NHL com o Edmonton Oilers. Gretzky empataria com Marcel Dionne na artilharia com 137 pontos e capturaria o Troféu Memorial Hart como melhor jogador, enquanto Dionne levou para casa o Troféu Art Ross como maior artilheiro em virtude de ter marcado mais dois golss. Ao lado de Gretzky, muitos jogadores fizeram sua estreia na NHL nessa temporada, tanto por conta da fusão com a WHA como por causa de uma mudança no regulamento do Draft, com a permissão da entrada de jogadores de dezoito e de dezenove anos. Não menos que seis integrantes do Hall da Fama (Gretzky, Ray Bourque, Mark Messier, Mike Gartner, Michel Goulet e Joe Mullen; Mullen não foi escolhido) estrearam nessa temporada junto com outros astros menos famosos.

O grande momento da temporada regular foi a sequência recorde de jogos sem derrota conseguida pelo Philadelphia Flyers. Após começar a temporada com uma vitória por 5–2 sobre o New York Islanders e uma derrota por 9–2 para o Atlanta Flames, o Flyers não perdeu novamente por quase três meses, ganhando ao menos um ponto em todos os jogos entre a vitória por 4–3 sobre Toronto em 14 de outubro de 1979, e o triunfo de 4–2 sobre Buffalo em 6 de janeiro de 1980, um total de 35 jogos. Esta permanece como a maior sequência invicta na história nas Ligas Profissionais Norte-Americanas.

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Com 21 times na liga, o calendário da temporada regular foi estabelecido sem separação de jogos por afiliação divisional. Cada equipe enfrentou as outras 20 por quatro vezes na temporada, duas em casa e duas como visitante. Além disso, uma nova estrutura de playoff foi introduzida com os quatro vencedores das divisões e os próximos 12 times com o melhor desempenho se classificando. Os vencedores das Divisões não tiveram garantia de cabeças-de-chave e as divisões foram ignoradas na determinação dos duelos dos playoffs. Porém, o agrupamento por divisões deu a certeza de que, mesmo que os cinco piores times fossem da mesma divisão, o vencedor desta se classificaria mesmo tendo apenas o 17º melhor resultado na temporada regular. Exceto por aquela possibilidade remota, as afiliações divisionais foram irrelevantes e não tiveram efeito nas classificações para os playoffs e no ranqueamento. Após alguns meses do início da temporada, o Detroit Red Wings começou a jogar na Joe Louis Arena após passar várias temporadas no Olympia.

Nas quatro temporadas anteriores, o Boston Bruins havia ficado em primeiro na Divisão Adams. Esta temporada viu o Buffalo Sabres destronar o Bruins na Adams. O New York Islanders havia terminado no primeiro lugar geral da NHL na temporada passada, com 116 pontos, mas perdeu nas semifinais dos playoffs para o New York Rangers. Esta temporada os viu cair consideravelmente, terminando em quarto lugar geral com 91 pontos, uma distância de 25 para o término da temporada anterior. Por outro lado, o Philadelphia Flyers melhorou em 21 pontos da temporada anterior. Sua sequência invicta de 35 jogos (25–0–10) os propeliu para o melhor desempenho na NHL, com 116 pontos.

Todos os quatro times da expansão tiveram desempenhos fraquíssimos, abaixo de 0,500. O Hartford Whalers fez a melhor campanha, com 73 pontos, e o Winnipeg Jets empatou com o Colorado Rockies no último lugar geral com 51 pontos. Hartford (14º geral) e Edmonton (16º geral) se classificaram para os playoffs, mas ambos os times foram varridos por 3-0 em suas respectivas séries.

Mudança de regra[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 1979, John Ziegler, o presidente da NHL, anunciou que capacetes protetores seriam obrigatórios para todos os jogadores da NHL. "A introdução da regra do capacete será um fator extra de segurança", ele disse. A única exceção seria para jogadores que assinaram seus contratos profissionais antes de 1º de junho de 1979. Aqueles jogadores da exceção que escolhessem não usar o capacite teriam de assinar um termo de risco. À época da mudança de regra, cerca de 70% dos jogadores já utilizavam capacetes[carece de fontes?]. O primeiro jogador a utilizar capacete protetor de forma regular foi George Owen do Boston Bruins em 1928. Antes daquilo, a única vez em que equipamentos protetores da cabeça foram usados foi para proteger lesões temporariamente. Craig MacTavish, enquanto jogava pelo Saint Louis Blues, foi o último jogador sem capacete em 1997.

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Nota: J = Partidas jogadas, V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, Pts = Pontos, GP = Gols pró, GC = Gols contra, PEM=Penalizações em minutos
Times que se classificaram aos playoffs estão destacados em negrito

Conferência Príncipe de Gales[editar | editar código-fonte]

Divisão Adams J V D E Pts GP GC
Buffalo Sabres 80 47 17 16 110 318 201
Boston Bruins 80 46 21 13 105 310 234
Minnesota North Stars 80 36 28 16 88 311 253
Toronto Maple Leafs 80 35 40 5 75 304 327
Quebec Nordiques 80 25 44 11 61 248 313
Divisão Norris J V D E Pts GP GC
Montreal Canadiens 80 47 20 13 107 328 240
Los Angeles Kings 80 30 36 14 74 290 313
Pittsburgh Penguins 80 30 37 13 73 251 303
Hartford Whalers 80 27 34 19 73 303 312
Detroit Red Wings 80 26 43 11 63 268 306

Conferência Clarence Campbell[editar | editar código-fonte]

Divisão Patrick J V D E Pts GP GC
Philadelphia Flyers 80 48 12 20 116 327 254
New York Islanders 80 39 28 13 91 281 247
New York Rangers 80 38 32 10 86 308 284
Atlanta Flames 80 35 32 13 83 282 269
Washington Capitals 80 27 40 13 67 261 293
Divisão Smythe J V D E Pts GP GC
Chicago Black Hawks 80 34 27 19 87 241 250
St. Louis Blues 80 34 34 12 80 266 278
Vancouver Canucks 80 27 37 16 70 256 281
Edmonton Oilers 80 28 39 13 69 301 322
Winnipeg Jets 80 20 49 11 51 214 314
Colorado Rockies 80 19 48 13 51 234 308

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Com a expansão da liga de 17 para 21 times, os playoffs também foram expandidos, de um torneio de 12 para um de 16 times. Os 16 times eram compostos pelos quatro campeões das Divisões associados aos 12 melhores dos 17 times restantes. Os 16 times classificados foram então ranqueados baseados na pontuação da temporada regular, com os rankings divisionais ignorados. Os líderes das Divisões não receberam mais byes na primeira rodada. Os times foram ranqueados de 1 a 16, com o melhor enfrentando o 16º na primeira rodada, e assim sucessivamente. A Fase Preliminar ocorreu em melhor de cinco.[1] O Atlanta Flames disputou os playoffs pela última vez e depois se mudou para Calgary. Os playoffs retornaram àquela cidade em 2007.

Final[editar | editar código-fonte]

O nome dos playoffs, todavia, foi Mike Bossy e o New York Islanders. Após um início desanimador da franquia no início dos anos 1970, o Islanders mostrou-se um forte candidato à Copa Stanley e ganhou a primeira de quatro seguidas ao bater o Philadelphia Flyers na prorrogação do Jogo 6 da final. O defensor Denis Potvin marcou um gol crucial na prorrogação do Jogo 1 e a Copa foi vencida quando Bobby Nystrom marcou o gol com assistências de John Tonelli e Lorne Henning aos 7:11 da primeira prorrogação. Ken Morrow tornou-se o primeiro jogador de hóquei na história a ganhar a medalha de ouro olímpica e a Copa Stanley na mesma temporada. O locutor do Hall da Fama Dan Kelly estava narrando o lance-a-lance pela CBS Sports naquele dia, 24 de março de 1980. Foi o último jogo da NHL a ir ao ar na rede televisiva americana por quase dez anos. [2]

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Tabela[editar | editar código-fonte]

  Fase preliminar Quartas-de-final Semifinais Final da Copa Stanley
                                     
1  Philadelphia Flyers 3  
16  Edmonton Oilers 0  
  1  Philadelphia Flyers 4  
    8  New York Rangers 1  
2  Buffalo Sabres 3
15  Vancouver Canucks 1  
  1  Philadelphia Flyers 4  
  6  Minn. North Stars 1  
3  Montreal Canadiens 3  
14  Hartford Whalers 0  
  2  Buffalo Sabres 4
    7  Chicago Black Hawks 0  
4  Boston Bruins 3
13  Pittsburgh Penguins 2  
  1  Philadelphia Flyers 2
  5  New York Islanders 4
5  New York Islanders 3  
12  Los Angeles Kings 1  
  3  Montreal Canadiens 3
    6  Minn. North Stars 4  
6  Minn. North Stars 3
11  Toronto Maple Leafs 0  
  2  Buffalo Sabres 2
  5  New York Islanders 4  
7  Chicago Black Hawks 3  
10  St. Louis Blues 0  
  4  Boston Bruins 1
    5  New York Islanders 4  
8  New York Rangers 3
9  Atlanta Flames 1  

Prêmios da NHL[editar | editar código-fonte]

Prêmios de 1979-80 da NHL
Troféu Príncipe de Gales: Buffalo Sabres
Taça Clarence S. Campbell: Philadelphia Flyers
Troféu Art Ross: Marcel Dionne, Los Angeles Kings
Troféu Memorial Bill Masterton: Al MacAdam, Minnesota North Stars
Troféu Memorial Calder: Ray Bourque, Boston Bruins
Troféu Conn Smythe: Bryan Trottier, New York Islanders
Troféu Frank J. Selke: Bob Gainey, Montreal Canadiens
Troféu Memorial Hart: Wayne Gretzky, Edmonton Oilers
Prêmio Jack Adams: Pat Quinn, Philadelphia Flyers
Troféu Memorial James Norris: Larry Robinson, Montreal Canadiens
Troféu Memorial Lady Byng: Wayne Gretzky, Edmonton Oilers
Prêmio Lester B. Pearson: Marcel Dionne, Los Angeles Kings
Prêmio Mais/Menos da NHL: Jim Schoenfeld, Buffalo Sabres & Jimmy Watson, Philadelphia Flyers
Troféu Vezina: Don Edwards & Bob Sauve, Buffalo Sabres
Troféu Lester Patrick: Bobby Clarke, Edward M. Snider, Frederick A. Shero

Seleções da liga[editar | editar código-fonte]

Primeiro Time   Posição   Segundo Time
Tony Esposito, Chicago Black Hawks G Don Edwards, Buffalo Sabres
Larry Robinson, Montreal Canadiens D Borje Salming, Toronto Maple Leafs
Ray Bourque, Boston Bruins D Jim Schoenfeld, Buffalo Sabres
Marcel Dionne, Los Angeles Kings CC Wayne Gretzky, Edmonton Oilers
Guy Lafleur, Montreal Canadiens PD Danny Gare, Buffalo Sabres
Charlie Simmer, Los Angeles Kings PE Steve Shutt, Montreal Canadiens

Estatísticas por jogador[editar | editar código-fonte]

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

J = Partidas jogadas, G = Gols, A = Assistências, Pts = Pontos, PEM = Penalizações em minutos

Jogador Time J G A Pts PEM
Marcel Dionne Los Angeles Kings 80 53 84 137 32
Wayne Gretzky Edmonton Oilers 79 51 86 137 21
Guy Lafleur Montreal Canadiens 74 50 75 125 12
Gilbert Perreault Buffalo Sabres 80 40 66 106 57
Mike Rogers Hartford Whalers 80 44 61 105 10
Bryan Trottier New York Islanders 78 42 62 104 68
Charlie Simmer Los Angeles Kings 64 56 45 101 65
Blaine Stoughton Hartford Whalers 80 56 44 100 16
Darryl Sittler Toronto Maple Leafs 73 40 57 97 62
Blair MacDonald Edmonton Oilers 80 46 48 96 24

Goleiros líderes[editar | editar código-fonte]

J = Partidas jogadas, MJ=Minutos jogados, GC = Gols contra, TG = Tiros ao gol, MGC = Média de gols contra, V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, SO = Shutouts

Jogador Time J MJ GC MGC V D E SO
Bob Sauve Buffalo Sabres 32 1880 74 2.36 20 8 4 4
Denis Herron Montreal Canadiens 34 1909 80 2.51 25 3 3 0
Don Edwards Buffalo Sabres 49 2920 125 2.57 27 9 12 2
Pete Peeters Philadelphia Flyers 40 2373 108 2.73 29 5 5 1
Gilles Gilbert Boston Bruins 33 1933 88 2.73 20 9 3 1
Gerry Cheevers Boston Bruins 42 2479 116 2.81 24 11 7 4
Billy Smith N.Y. Islanders 38 2114 104 2.95 15 14 7 2
Tony Esposito Chicago Black Hawks 69 4140 205 2.97 31 22 16 6
Glenn Resch N.Y. Islanders 45 2606 132 3.04 23 14 6 3
Gilles Meloche Minnesota North Stars 54 3141 160 3.06 27 20 5 1

Estreias[editar | editar código-fonte]

Esta é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu primeiro jogo na NHL em 1979-80 (listados com seu primeiro time, asterisco marca estreia nos playoffs):

Últimos jogos[editar | editar código-fonte]

Esta é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu último jogo na NHL em 1979-80 (listados com seu último time):

Data limite para negociações[editar | editar código-fonte]

Data limite: 11 de março de 1980.[3]

  • 10 de março de 1980: Butch Goring negociado de Los Angeles para o NY Islanders por Billy Harris e Dave Lewis.
  • 10 de março de 1980: Jerry Korab trocado de Buffalo para Los Angeles pela escolha da primeira rodada do Draft de 1982 de Los Angeles (Phil Housley).
  • 11 de março de 1980: Ron Chipperfield trocado de Edmonton para Quebec por Ron Low.
  • 11 de março de 1980: Cam Connor e a escolha da terceira rodada de Edmonton no Draft de 1981 trocados por Edmonton para o NY Rangers por Don Murdoch.
  • 11 de março de 1980: Jim Corsi trocado de Edmonton para Minnesota por considerações futuras.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. McCarthy, p. 249
  2. Podnieks, Andrew; Szemberg, Szymon. IIHF Top 100 Hockey Stories of All Time. Bolton, Ontario, Canada: Fenn Publishing, 2008. p. 74. ISBN 978-1-55168-358-4.
  3. NHL trade deadline: Deals since 1980 | Habs Inside/Out
Precedido por
1978-79
Anexo:Lista de temporadas da NHL
1979-80
Sucedido por
1980-81