Temporada de 1995 da National Football League

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Temporada de 1995 da National Football League
Temporada regular
Duração 3 de setembro - 25 de dezembro de 1995
Playoffs
Data de início 30 de dezembro de 1995
Campeão da AFC Pittsburgh Steelers
Campeão da NFC Dallas Cowboys
Super Bowl XXX
Data 28 de janeiro de 1996
Local Sun Devil Stadium, Tempe, Arizona
Campeão Dallas Cowboys
Pro Bowl
Data 2 de fevereiro de 1996
Local Aloha Stadium
Temporadas da National Football League
 < 1994 1996 > 


A Temporada de 1995 da NFL foi a 76ª temporada regular da National Football League. Nessa temporada, a liga passou a ser composta por 30 times, com a entrada do Carolina Panthers e do Jacksonville Jaguars.

Outra mudança nesse ano foi a transferência dos dois times de Los Angeles - Rams e Raiders -, para Saint Louis e Oakland, respectivamente. É interessante observar que, desde a saída desses times, a maior cidade da Califórnia ficou sem representação na principal liga de futebol americano do país.

A temporada terminaria com o Dallas Cowboys se consegrando campeão, ao bater o Pittsburgh Steelers, no Super Bowl XXX.

Classificação[editar | editar código-fonte]

V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, PCT = porcentagem de vitórias, PF= Pontos feitos, PS = Pontos sofridos

Classificados para os playoff estão marcados em verde

AFC East
Time V D E PCT PF PA
(3) Buffalo Bills 10 6 0 .625 350 335
(5) Indianapolis Colts 9 7 0 .563 331 316
(6) Miami Dolphins 9 7 0 .563 398 332
New England Patriots 6 10 0 .375 294 377
New York Jets 3 13 0 .188 233 384
AFC Central
Time V D E PCT PF PA
(2) Pittsburgh Steelers 11 5 0 .688 407 327
Cincinnati Bengals 7 9 0 .438 349 374
Houston Oilers 7 9 0 .438 348 324
Cleveland Browns 5 11 0 .313 289 356
Jacksonville Jaguars 4 12 0 .250 275 404
AFC West
Time V D E PCT PF PA
(1) Kansas City Chiefs 13 3 0 .813 358 241
(4) San Diego Chargers 9 7 0 .563 321 323
Seattle Seahawks 8 8 0 .500 363 366
Denver Broncos 8 8 0 .500 388 345
Oakland Raiders 8 8 0 .500 348 332
NFC East
Time V D E PCT PF PA
(1) Dallas Cowboys 12 4 0 .750 435 291
(4) Philadelphia Eagles 10 6 0 .625 318 338
Washington Redskins 6 10 0 .375 326 359
New York Giants 5 11 0 .313 290 340
Arizona Cardinals 4 12 0 .250 275 422
NFC Central
Time V D E PCT PF PA
(3) Green Bay Packers 11 5 0 .688 404 314
(5) Detroit Lions 10 6 0 .625 436 336
Chicago Bears 9 7 0 .563 392 360
Minnesota Vikings 8 8 0 .500 412 385
Tampa Bay Buccaneers 7 9 0 .438 238 335
NFC West
Time V D E PCT PF PA
(2) San Francisco 49ers 11 5 0 .688 457 258
(6) Atlanta Falcons 9 7 0 .563 362 349
St. Louis Rams 7 9 0 .438 309 418
Carolina Panthers 7 9 0 .438 289 325
New Orleans Saints 7 9 0 .438 319 348


Desempates[editar | editar código-fonte]

  • Indianapolis terminou à frente do Miami na AFC East pela vantagem em confrontos diretos (2–0).
  • San Diego foi o primeiro AFC Wild Card por causa da sua vitória no confronto direto com o Indianapolis (1–0).
  • Cincinnati ficou na frente do Houston na AFC Central por ter tido um melhor retrospecto dentro da divisão (4–4 contra 3–5 do Oilers).
  • Seattle passou Denver e Oakland na AFC West devido ao melhor desempenho nos confrontos diretos (3–1 contra 2–2 e 1–3 de Broncos e Raiders, respecitavamente).
  • Denver terminou à frente do Oakland na AFC West graças às vitórias no confronto direto (2–0).
  • Philadelphia foi o primeiro NFC Wild Card em detrimento ao Detroit baseado em um melhor recorde dentro da conferência (9–3 contra 7–5 do Lions).
  • San Francisco classificou-se em segundo na NFC, pois teve melhor campanah dentro da conferência em relação ao Green Bay (8–4 contra 7–5 do Packers).
  • Atlanta ficou com o terceiro NFC Wild Card, na frente do Chicago por ter tido um melhor recorde contra adversários em comum (4–2 contra 3–3 do Bears).
  • St. Louis passou Carolina and New Orleans na NFC West por causa do desempenho em confrontos diretos (3–1 contra 1–3 do Panthers and 2–2 do Saints).
  • Carolina ficou na frente do New Orleans na NFC West devido ao recorde dentro da conferência (4-8 contra 3–9).

Playoffs[editar | editar código-fonte]

  Wild Card Playoffs de divisão Finais de conferência Super Bowl XXX
                                     
6  Atlanta 20  
3  Green Bay 37  
  3  Green Bay 27  
    2  San Francisco 17  
      
        
  3  Green Bay 27  
NFC
  1  Dallas 38  
5  Detroit 37  
4  Philadelphia 58  
  4  Philadelphia 11
    1  Dallas 30  
      
        
  N1  Dallas 27
  A2  Pittsburgh 17
5  Indianapolis 35  
4  San Diego 20  
  5  Indianapolis 10
    1  Kansas City 7  
      
        
  5  Indianapolis 16
AFC
  2  Pittsburgh 20  
6  Miami 22  
3  Buffalo 37  
  3  Buffalo 21
    2  Pittsburgh 40  
      

Lideres em estatíscas[editar | editar código-fonte]

Coletivas[editar | editar código-fonte]

Pontos marcados San Francisco 49ers (457)
Total de jardas ganhas Detroit Lions (6,113)
Jardas ganhas por corridas Kansas City Chiefs (2,222)
Jardas ganhas por passes San Francisco 49ers (4,608)
Menos pontos sofridos Kansas City Chiefs (241)
Menos jardas concedidas San Francisco 49ers (4,398)
Menos jardas ganhas por corridas concedidas San Francisco 49ers (1,061)
Menos jardas ganhas por passe concedidas New York Jets (2,740)

Individuais[editar | editar código-fonte]

Pontos Emmitt Smith, Dallas (150 pontos)
Touchdowns Emmitt Smith, Dallas (25 TDs)
Mais field goals feitos Norm Johnson, Pittsburgh (34 FGs)
Jardas terrestres Emmitt Smith, Dallas (1,773 jardas)
Rating Jim Harbaugh, Indianapolis (100.7 rating)
Passes para touchdowns Brett Favre, Green Bay (38 TDs)
Recepções Herman Moore, Detroit (123 recepções)
Jardas recebidas Jerry Rice, San Francisco (1,848)
Retorno de punt David Palmer, Minnesota (13.2 jardas de média)
Retorno de Kickoff Ron Carpenter, New York Jets (27.7 jardas de média)
Interceptações Orlando Thomas, Minnesota (9)
Punt Rick Tuten, Seattle (45.0 jardas de média)
Sacks Bryce Paup, Buffalo (17.5)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Most Valuable Player (Jogador Mais Valiosos) Brett Favre, Quarterback, Green Bay
NFL Coach of the Year (Treinador do Ano) Ray Rhodes, Philadelphia
NFL Offensive Player of the Year (Jogador Ofensivo do Ano) Brett Favre, Quarterback, Green Bay
NFL Defensive Player of the Year (Jogador Defensivo do Ano) Bryce Paup, Linebacker, Buffalo
NFL Offensive Rookie of the Year (Novato Ofensivo do Ano) Curtis Martin, Running Back, New England
NFL Defensive Rookie of the Year Award (Novato Defensivo do Ano) Hugh Douglas, Defensive End, New York Jets