Temporada de furacões no Atlântico de 1996

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Temporada de furacões no Atlântico de 1996
1996 Atlantic hurricane season map.png
Primeiro sistema1 formado: Arthur - 17 de junho
Sistemas ativos1: Temporada encerrada
Total de tempestades nomeadas: 14
Total de furacões: 10
Grandes furacões (Cat. 3+): 6
Tempestade mais forte: Edouard - 230 km/h, 933 mbar
Número de sistemas1 que atingiram terras emersas: 8
Danos totais: Cerca de 4,7 bilhões de dólares (valores em 1996)
ECA Total:
Fatalidades confirmadas: 179
1Inclui depressões tropicais e depressões subtropicais

A temporada de furacões no Atlântico de 1996 foi um evento no ciclo anual de formação de ciclones tropicais. A temporada começou em 1 de junho e terminou em 30 de novembro de 1996. Estas datas delimitam convencionalmente o período de cada ano quando a maioria dos ciclones tropicais tende a se formar na bacia do Atlântico.

A atividade da temporada de furacões no Atlântico de 1996 ficou acima da média, com um total de 14 tempestades dotadas de nome e dez furacões, sendo que seis destes atingiram a intensidade igual ou superior a um furacão de categoria 3 na escala de furacões de Saffir-Simpson.

A temporada começou efetivamente em 17 de junho com a formação da tempestade tropical Arthur. Em meados de julho, o furacão Bertha atingiu a costa leste dos Estados Unidos, causando mais de 270 milhões de dólares em prejuízos. Ainda naquele mês, o furacão Cesar foi o primeiro furacão a atingir a Nicarágua em 8 anos. Cesar segiu para o Pacífico e tornou-se o intenso furacão Douglas. Em setembro, o furacão Fran atingiu a costa leste dos Estados Unidos como um furacão de categoria 3, causando 26 mortes e mais de 3,2 bilhões de dólares em prejuízos. Naqueles dias, o furacão Hortense causou severa destruição nas Grandes Antilhas, principalmente Porto Rico e República Dominicana, causando 21 fatalidades e 127 milhões de dólares em prejuízos.

Nomes das tempestades[editar | editar código-fonte]

Os nomes seguintes foram usados para dar nomes a tempestades que se formaram em 1996 no oceano Atlântico. Esta é a mesma lista usada na temporada de 1990, exceto por Diana e Klaus, que foram substituídos por Dolly e Kyle.

  • Arthur
  • Bertha
  • Cesar
  • Dolly
  • Edouard
  • Fran
  • Gustav
  • Hortense
  • Isidore
  • Josephine
  • Kyle
  • Lili
  • Marco
  • Nana (sem usar)
  • Omar (sem usar)
  • Paloma (sem usar)
  • Rene (sem usar)
  • Sally (sem usar)
  • Teddy (sem usar)
  • Vicky (sem usar)
  • Wilfred (sem usar)

Devidos aos impactos causados pelos furacões Cesar, Fran e Hortense, seus nomes foram retirados e substuídos por Cristobal, Fay e Hanna, que foram usados na temporada de 2002.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Furacão Catrina Portal da
meteorologia

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre ciclones tropicais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.