Teodoro, o Leitor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Teodoro provavelmente testemunhou a destruição da Hagia Sophia durante a Revolta de Nika em 532. Ele tinha sido um leitor na basílica.

Teodoro, o Leitor (em grego: Θεόδωρος Αναγνώστης; transl.: Theodoros Anagnostes , "leitor") foi um leitor (lector) da Basílica de Santa Sofia, em Constantinopla durante o século VI. A pedido de um amigo compilou em quatro livros sua obra Historia tripartita (do reinado de Constantino ao de Teodósio II), um epítome dos historiadores do século V Sócrates Escolástico, Sozomeno e Teodoreto de Cirro; uma versão imperfeita desta obra foi produzida em manuscrito, mas nunca publicada. Teodoro também compôs uma obra em dois livros chamada Historia Ecclesiastica que narra da morte de Teodósio II até os tempos de Justiniano I. Presumivelmente esta obra foi produzida antes de 543, uma vez que menciona a "memória santa" de Teodoreto, um dos condenados na Controvérsia dos Três Capítulos. Esta crônica não sobrevivem havendo trechos da mesma sido encontrados em outras crônicas, assim como em um folheto de João Damasceno e nos atos do Segundo Concílio de Niceia.[1]

Referências

  1. Theodorus Lector (em inglês). Página visitada em 10-10-2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]