Teofilândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Teofilândia
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 1963 (51 anos)
Gentílico teofilandense
Prefeito(a) Adriano Araújo (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Teofilândia
Localização de Teofilândia na Bahia
Teofilândia está localizado em: Brasil
Teofilândia
Localização de Teofilândia no Brasil
11° 29' 20" S 38° 59' 52" O11° 29' 20" S 38° 59' 52" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Nordeste Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Serrinha IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Araci, Barrocas, Biritinga e Serrinha
Distância até a capital 194 km
Características geográficas
Área 317,982 km² [2]
População 22 873 hab. IBGE/2013[3]
Densidade 71,93 hab./km²
Clima Semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,566 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 54 319,399 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 540,43 IBGE/2008[5]
Página oficial

Teofilândia é um município brasileiro do estado da Bahia.

História[editar | editar código-fonte]

Aproximadamente em 1723, devido a uma seca que atingiu a região, alguns vaqueiros da antiga fazenda chamada de Vargem de Baixo, de propriedade dos irmãos João Manoel e Manoel João da Silva, saíram em busca de água e alimento para o gado. Cansados, os vaqueiros pararam próximo de uma vereda (caminho estreito no meio da caatinga), e dormiram. Ao acordarem e não encontrando o gado, seguiram os rastros e descobriram um lajedo (afloramento rochoso), que em suas pequenas cavidades acumula água, ao que chamamos de caldeirões ou tanques de pedras. Onde não só os animais que eles pastoreavam, estavam próximos, bem como outros animais que por ali pastavam e bebiam. Ao retornarem à fazenda, avisaram aos patrões, que haviam encontrado um caldearão, ou Tanque de Pedras.

Os irmãos João Manoel e Manoel João transformaram o lugar em mais uma fazenda, provocando o crescimento imediato do local. Muitos anos depois a fazenda foi aberta, José Santiago de Oliveira construiu a primeira casa, vindo outras em seguida. Chegando outros moradores, o local passou a ser chamado Arraial de Pedras.


O Arraial vai crescendo, e em 1953 é transformada em distrito com o nome de Itapiru que pertencia a Serrinha. Sendo muito tempo depois denominada Teofilândia, em homenagem a um filho da localidade, contador do Estado, Joaquim Teófilo de Oliveira.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2013 era de 22.873 habitantes.

Emancipação Política[editar | editar código-fonte]

Teofilândia obteve sua emancipação política e administrativa em 23 de Abril de 1962, através da Lei Estadual 1685.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2013 Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (01 de julho de 2013). Página visitada em 30 de setembro de 2013.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 24 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.