Teorema CPT

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O teorema CPT é o princípio segundo o qual os sistemas físicos são invariantes para transformações que envolvem, concomitantemente, as operações de inversão da carga C, inversão de paridade P e inversão do tempo T.[1]  È uma simetria de qualquer interação que, sob as três transformações todas as leis físicas terão de ser invariantes.[2] [3] [4] [5]

O teorema CPT foi originalmente sugerido por Julian Schwinger em 1951, e uma derivação mais robusta foi proposta por Gerhard Lüders e Wolfgang Pauli em 1954.

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 50, pesquisas revelaram a violação da simetria P para alguns fenômenos que envolvem os campos da força nuclear fraca (não são bem conhecidas as violações de simetria C e T). Por um tempo curto, acreditava-se que a simetria CP combinada era preservado por todos os fenômenos físicos, mas descobriu-se mais tarde, também esta também fora violada. Existe um teorema que deriva preservar a simetria CPT para todos os fenômenos físicos, assumindo a correção das leis da mecânica quântica. Essa simetria é reconhecida como uma propriedade fundamental das leis da física.[3] [6] [5]

Referências

  1. Charlie Freund e Nick Morris, Curiosities of Antimatter [em linha]
  2. Antonio Ferrer Soria, Física nuclear y de partículas (2a ed.), Universitat de València, 2011 ISBN 8-437-08656-6 (em espanhol)
  3. a b Domingo Agustín Vázquez, Diccionario de ciencias, Editorial Complutense, 2000 ISBN 8-489-78480-9
  4. Fermi National Accelerator Laboratory Kaons at the Tevatron (em inglês)
  5. a b Simetría CPT, Historia, Derivación, Consecuencias e implicacione (em espanhol)
  6. Uma Década em Busca da Simetria da Natureza

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Gabriel Chardin, La Antimateria, Siglo XXI, 2001 ISBN 9-682-32342-8 (em espanhol)
  2. Antonio Ferrer Soria, Eduardo Ros Martínez, Física de partículas y de astropartículas, Universitat de València, 2005 ISBN 8-437-06180-6 (em espanhol)
  3. Frauenfelder, Hans, Subatomic physics, 2nd ed. - Englewood Cliffs, N.J. : Prentice Hall, c1991. ISBN 0-138-59430-9 (em inglês)
  4. J. Thanh Van Tran, '93 Electroweak Interactions and Unified Theories: Proceedings of the XXVIIIth Rencontre de Moriond, Series: Moriond Particle Physics Meetings : Les Arcs, Savoie, France, March 13-20, 1993, Volume 28,Edição 2, Atlantica Séguier Frontières, 1993, ISBN 2-863-32137-4 (em inglês)
  5. Theory Overview of Testing Fundamental Symmetries (em inglês)
  6. Asimov, Isaac (2005). El electrón es zurdo y otros ensayos científicos. Alianza.


Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.