Teorema de Haag

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Teorema de Haag foi postulado[1] em 1955 pelo físico Rudolf Haag. O teorema afirma que a representação de Dirac não existe em um interativo, relativístico campo quântico. O teorema foi mais tarde comprovado por diversos autores [carece de fontes?].

No entanto, é inconveniente que no desenvolvimento canônico de um campo quântico perturbável, como por exemplo campos eletromagnéticos, a representação de Dirac é totalmente eficaz.[2]

Referências

  1. On quantum field theories
  2. Arageorgis, A.: 1995, Fields, Particles, and Curvature: Foundations and Philosophical Aspects of Quantum Field Theory in Curved Spacetime, Ph.D. Thesis, Univ. of Pittsburgh.

Leitura recomendada[editar | editar código-fonte]

  • John Earman, Doreen Fraser, Haag's Theorem and Its Implications for the Foundations of Quantum Field Theory, Erkenntnis 64 (2006): 305-344, online at philsci-archive
  • Doreen Fraser, Haag’s Theorem and the Interpretation of Quantum Field Theories with Interactions, PhD thesis, U. of Pittsburgh, online