Teorema de Taylor-Proudman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na mecânica de fluidos, o teorema de Taylor-Proudman, nomeado em homenagem a G. I. Taylor[1] e Joseph Proudman[2] ) diz que quando um objeto sólido é movimentado lentamente dentro de um fluido que é movimentado constantemente com um alto \Omega, que a velocidade do fluido será uniforme ao longo de qualquer linha paralela ao eixo de rotação. \Omega deve ser grande, comparado ao movimento do objeto sólido, de modo a fazer com que a força de Coriolis seja grande, comparado aos termos da aceleração.

Apesar do nome, o teorefa foi resolvido pela primeira vez por Sydney Samuel Hough (1870-1923), um matemático na Universidade de Cambridge.[3]

Referências

  1. Taylor, G.I.. (1 de março de 1917). "Motion of solids in fluids when the flow is not irrotational". Proc. R. Soc. Lond. A 93: 92–113 pp.. DOI:10.1098/rspa.1917.0007.
  2. Proudman, J.. (July 1, 1916). "On the motion of solids in a liquid possessing vorticity". Proc. R. Soc. Lond. A 92: 408–424 pp.. DOI:10.1098/rspa.1916.0026.
  3. Hough, S.S.. (1 de janeiro de 1897). "On the application of harmonic analysis to the dynamical theory of the tides. Part I. On Laplace’s “oscillations of the first species,” and on the dynamics of ocean currents". Phil. Trans. R. Soc. Lond. A 189: 201–257 pp.. DOI:10.1098/rsta.1897.0009.
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.