Teorema de flutuação-dissipação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O teorema de flutuação-dissipação (TFD ou na literatura FDT, do inglês fluctuation-dissipation theorem) é uma poderosa ferramenta em física estatística para a predição do comportamento de sistemas termodinamicamente não equilibrados. Estes sistemas envolvem a dissipação irreversível de energia em calor de suas flutuações térmicas reversíveis em equilíbrio termodinâmico. O teorema de flutuação-dissipação aplica-se tanto a sistemas clássicos quanto quânticos.

O teorema de flutuação-dissipação foi originalmente formulado por Harry Nyquist em 1928[1] , e posteriormente demonstrado por Herbert Callen e Theodore A. Welton em 1951.[2]


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Fluctuation-dissipation theorem. Ajude e colabore com a tradução.

Referências

  1. Nyquist H. (1928). "Thermal Agitation of Electric Charge in Conductors". Physical Review 32: 110–113. DOI:10.1103/PhysRev.32.110.
  2. H.B. Callen, T.A. Welton. (1951). "Irreversibility and Generalized Noise". Physical Review 83: 34–40. DOI:10.1103/PhysRev.83.34.