Teoria da coerência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em física, teoria da coerência é o estudo dos efeitos ópticos parcialmente decorrentes de fontes de luz e rádio coerentes. Fontes parcialmente coerentes são fontes onde o tempo de coerência ou o comprimento de coerência são limitados pela largura de banda, por ruído térmico, ou por outro efeito. Muitos aspectos da moderna teoria da coerência são estudados em óptica quântica.

A teoria da coerência parcial foi desenvolvida nos anos 1930 devido ao trabalho de P. H. van Cittert e Frits Zernike.


Tópicos em teoria da coerência[editar | editar código-fonte]

Ver também

Referências

  • Eugene Hecht and Alfred Zajac, Optics, (1974) Addison-Wesley Publishing, Reading, Massachusetts ISBN 978-0-201-02835-5. (Chapter 12 provides and undergrad-level introduction.)