Teoria da dispersão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Acima: a parte real de uma onda plana que viaja para cima. Abaixo: a parte real de um campo depois de inserir no caminho de uma onda um pequeno disco transparente com índice de refração maior que o índice médio que o rodeia. Este objeto dispersa parte do campo da onda, em qualquer ponto individual, a frequência e a longitude da onda se mantêm intactas.

Na matemática e na física, a teoria da dispersão é um marcos para o estudo e compreensão da dispersão de ondas e partículas.

Desde o começo da radiolocalização, o problema de encontrado um amplo número de aplicações, tais como na acústica, medições geofísicas, imagens médicas, etc.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências