Tequila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vários tipos de tequila

Tequila é uma bebida alcoólica destilada feita da agave-azul, primariamente na região da cidade de Tequila no estado mexicano de Jalisco, a 65 quilómetros a nordeste de Guadalajara.

O solo vulcânico vermelho da região circundante é particularmente propício ao crescimento do agave-azul, e mais de 300 milhões de plantas são colhidas todo ano.[1] Agave tequilana cresce diferentemente dependendo da região. Agaves-azuis plantadas em áreas altas são maiores e mais doces em aroma e sabor. Agaves das áreas mais baixas tem um sabor e fragrância mais herbáceos.[2]

Pelas leis mexicanas a tequila pode ser produzida apenas no estado de Jalisco e em regiões limitadas de Guanajuato, Michoacán, Nayarit, e Tamaulipas.[3] O México clama o direito internacional exclusivo da palavra "tequila", ameaçando ações legais contra produtores de destilados de agave-azul em outros países.

Tequila é frequentemente feita com um conteúdo alcoólico de 38–40%, mas pode ser produzida entre 31–55%.[4]

Fabricação[editar | editar código-fonte]

Agave tequilana

O agave-azul é uma planta semelhante a um abacaxi gigante e só se desenvolve em terrenos de solo vulcânico e clima árido. Precisa-se de 8 a 12 anos de idade para estar pronto para produção, sendo necessários 7 quilos de agave para produção de 1 litro de tequila.

A produção se inicia assando as “Piñas” da agave-azul por mais de 48 horas e esfriam por mais 14 horas antes de serem retiradas dos fornos, para converter as fibras em açúcar fermentável (frutose). Depois dessa etapa são moídas para extração de todo açúcar e o resultado é um rico líquido chamado “Aguamiel”. Adiciona-se a levedura natural ou de Saccharomyces cerevisiae para fermentação, que quebra as moléculas do açúcar e transforma em álcool. O resultado é um vinho de agave que possui 10 à 12% de teor alcoólico. O vinho deve ser destilado 2 vezes, descartando seu início e fim para adquirir o melhor da destilação. A tequila assim produzida é chamada “Prata” e pode ser engarrafada ou maturada para produção dos diferentes tipos de acordo com o tempo de maturação. Geralmente, agaves das terras altas produzem tequilas de sabor mais mais doces e frutadas, enquanto as agaves de terras baixas dão à tequila um sabor mais herbáceo e "terroso".[5]

Tipos[editar | editar código-fonte]

Tequilas descansando ou maturando em barris de carvalho

A bebida apresenta diferentes graus de cor, sabor e aroma conforme o tempo de envelhecimento sendo designada em ordem crescente do tempo de maturação:[6]

  • Blanco ("Branco") ou Plata ("Prata"), engarrafada imediatamente ou até 2 meses de maturação em barris de aço inoxidável ou carvalho neutro;
  • Joven ("Jovem") ou Oro ("Ouro"), uma mistura de Blanco e Reposado;
  • Reposado ("Descansado"), engarrafada após 2 meses, mas menos de um ano de maturação em barris de carvalho de qualquer tamanho;
  • Añejo ("Velho"), envelhecimento no mínimo um ano de maturação, mas menos de três, em barris de carvalho pequenos;
  • Extra Añejo ("Extra Velho"), envelhecido pelo menos três anos. esta categoria foi estabelecida em 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ian Chadwick. In Search of the Blue Agave: Jalisco State (em inglês) Ianchadwick.com.
  2. Jacinto, Rodolfo. How Is Tequila Made (em inglês) Tequilaknight.com.
  3. Geografía: el Territorio de Denominación de Origen, DOT (em espanhol) Consejo Regulador del Tequila.
  4. Official Mexican Standard for Tequila (em inglês). Visitado em 28-12-2012.
  5. Judy Hevrdejs (01-05-2011). Tequila's terroir: Highland and lowland tequilas have distinct flavors (em inglês) Chicago Tribune.
  6. Miguel C. Cedeño.. (1995). "Tequila Production." (em inglês) 15 (1): 1-11. DOI:10.3109/07388559509150529. Visitado em 28-12-2012.