Tera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tera (símbolo T) é um prefixo do SI de unidades que denota um fator de 1012, ou 1 000 000 000 000.

Confirmado em 1960, ele vem do grego τέρας, significando monstro. Ele também pode ser ligado ao prefixo grego τετρα- significando quatro; a coincidência disto com o fato do prefixo ser a quarta potência de 1000 serviu como modelo para os prefixos de ordens superiores, tais como peta, exa, zetta e yotta, todos os quais são formas distorcidas do latim ou grego para as correspondentes potências (de cinco a oito respectivamente) de 1000.

Em informática tera- pode muitas vezes significar 1 099 511 627 776 (240) ao invés de 1 000 000 000 000, especialmente no termo terabyte. Para evitar esta ambiguidade, o prefixo binário tebi- foi introduzido de modo a representar 240, porém este, assim como os outros prefixos binários, ainda não é de uso geral.

Prefixos do SI
1000m 10n Prefixo Símbolo Desde [3] Escala curta Escala longa Equivalente decimal
10008 1024 yotta (iota[2]) Y 1991 Septilhão Quadrilião 1 000 000 000 000 000 000 000 000
10007 1021 zetta (zeta[2]) Z 1991 Sextilhão Milhar de trilião 1 000 000 000 000 000 000 000
10006 1018 exa E 1975 Quintilhão Trilião 1 000 000 000 000 000 000
10005 1015 peta P 1975 Quadrilhão Milhar de bilião 1 000 000 000 000 000
10004 1012 tera T 1960 Trilhão Bilião 1 000 000 000 000
10003 109 giga G 1960 Bilhão Milhar de milhão 1 000 000 000
10002 106 mega M 1960 Milhão Milhão 1 000 000
10001 103 quilo k 1795 Milhar Milhar 1 000
10002/3 102 hecto h 1795 Centena Centena 100
10001/3 101 deca da 1795 Dezena Dezena 10
10000 100 nenhum nenhum Unidade Unidade 1
1000-1/3 10−1 deci d 1795 Décimo Décimo 0,1
1000-2/3 10−2 centi c 1795 Centésimo Centésimo 0,01
1000-1 10−3 mili m 1795 Milésimo Milésimo 0,001
1000-2 10−6 micro µ (mu) 1960 Milionésimo Milionésimo 0,000 001
1000-3 10−9 nano n 1960 Bilionésimo Milésimo de milionésimo 0,000 000 001
1000-4 10−12 pico p 1960 Trilionésimo Bilionésimo 0,000 000 000 001
1000-5 10−15 femto (fento[2]) f 1964 Quadrilionésimo Milésimo de bilionésimo 0,000 000 000 000 001
1000-6 10−18 atto (ato[2]) a 1964 Quintilionésimo Trilionésimo 0,000 000 000 000 000 001
1000-7 10−21 zepto z 1991 Sextilionésimo Milésimo de trilionésimo 0,000 000 000 000 000 000 001
1000-8 10−24 yocto (iocto[2]) y 1991 Septilionésimo Quadrilionésimo 0,000 000 000 000 000 000 000 001
  1. Em Portugal.
  2. O sistema métrico foi introduzido em 1795 com seis prefixos. As outras datas estão relacionadas ao reconhecimento pela resolução da Conferência Geral de Pesos e Medidas (CGPM).