Terceira Ponte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Terceira Ponte
Nome oficial Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça
Arquitetura e construção
Mantida por Concessionária RodoSol

1998-2023 (duração)[1]

Início da construção 1978
Data de abertura 23 de agosto de 1989
Dimensões e tráfego
Comprimento total 3,3 km de extensão
Altura 70 metros
Tráfego 58 mil veículos/dia
Pedágio Sim
Geografia
Via 4 vias
Cruza Baía de Vitória
Localização  Espírito Santo
Coordenadas 20° 19′ S 40° 17′ W

A Terceira Ponte, oficialmente Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça, liga as cidades de Vitória e Vila Velha, no Espírito Santo. Foi a maior obra já realizada no estado e uma das maiores do Brasil, tornando-se um dos cartões-postais das duas cidades e do estado.

O povo apelidou-a de Terceira Ponte logo que foi anunciado o projeto de sua construção, devido às duas outras pontes que já existiam anteriormente ligando Vitória a Vila Velha: Ponte Florentino Avidos (conhecida como Cinco Pontes) e Segunda Ponte (Ponte do Príncipe).

A primeira ponte (Florentino Avidos), inaugurada em 1928, ligou o coração de Vitória com os fundos de Vila Velha. A segunda, aberta em 1979, trouxe o tráfego continental para o miolo da capital, Vitória.

A Terceira Ponte é a quinta maior ponte, em extensão, do Brasil. Foi construída para desafogar as duas primeiras pontes. Possui 3,33 km de extensão, vão principal com 70 m de altura e 260 m de um pilar ao outro, permitindo assim o acesso de navios de grande porte à baía de Vitória.

É a principal ligação de Vitória com Vila Velha e o litoral sul do Espírito Santo e depois de sua construção, Vila Velha passou por um intenso crescimento na construção civil, dando outra dimensão à sua então condição de cidade-dormitório.

Terceira Ponte vista do estacionamento do Shopping Vitória.

O primeiro pilar da Terceira Ponte foi concretado em 1978, durante o governo de Élcio Álvares e foi concluída em 1989, no governo de Max Mauro. A ponte iniciou operando com 12 mil carros por dia, e em outubro de 1992 já eram 15.964 por dia, em média. Atualmente passam pela Terceira Ponte, diariamente, cerca de 70 mil veículos, contando com uma estrutura moderna e eficiente, que compreende iluminação, sinalização, serviço de emergência médica e socorro mecânico. Toda a operação da Terceira Ponte é monitorada por um moderno Centro de Controle Operacional.

Devido ao aumento do número de veículos em circulação, longos congestionamentos se tornaram comuns na ponte, sobretudo nos horários de pico.

A Terceira Ponte é, recorrentemente, lugar de ocorrência de suicídios no Espírito Santo. Em 2013, vereadores de Vitória aprovaram projeto que determina instalação de proteção na ponte a fim de evitar suicídios.[2] Em 2014, em menos de um mês, três pessoas se jogaram do alto da ponte após matarem algum familiar, sendo dois casos no mesmo dia, 3 de março.[3]

Terceira Ponte em números
  • 61 pilares;
  • 3,3 km de extensão;
  • Vão central com 70 metros de altura (segundo maior do Brasil);
  • Vão livre com 260 metros (entre um pilar e outro);
  • 250 postes e 250 lâmpadas instaladas;
  • Desde a sua inauguração até os dias de hoje[quando?], o fluxo de carros que trafega pela Terceira Ponte teve um crescimento superior a 450%;
  • Praça de pedágio com 15 pistas, sendo 12 pistas (manuais) e 3 automáticas (arrecadamento automático debitado em aparelho eletrônico no veículo);
  • Dois painéis de mensagens variáveis agilizam a comunicação da empresa com os usuários, informando principalmente sobre as condições de tráfego. Estes painéis também são utilizados para a comunicação de relacionamento com os usuários.
Imagem panorâmica da Terceira Ponte vista do Convento da Penha.

Referências

  1. "Pedágio mais caro e população muito insatisfeita". ES Hoje. Acessado: 6 Fevereiro 2012.
  2. Terceira Ponte poderá ganhar proteção para evitar suicídios Folha Vitória (5 de março de 2013). Página visitada em 4 de março de 2014.
  3. Mais um caso: mulher mata a própria filha e depois se joga da Terceira Ponte 4 de março de 2014. Página visitada em 4 de março de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma ponte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.