Teresa Teodora de Orléans e Bragança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Teresa Teodora de Orléans e Bragança
Princesa de Orléans e Bragança
Cônjuge Ernesto António Maria Martorell y Calderó
Descendência
Elisabeth
Núria
Nome completo
Teresa Teodora Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Orléans e Bragança Dobrzensky de Dobrzenicz Martorell y Calderó
Casa Orleães e Bragança
Pai Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança
Mãe Elisabeth Dobrzensky de Dobrzenicz
Nascimento 18 de junho de 1919
Boulogne-sur-Seine
Morte 18 de abril de 2011 (91 anos)
Estoril

Dona Teresa Teodora Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Orléans e Bragança Dobrzensky de Dobrzenicz Martorell y Calderó (Boulogne-sur-Seine, 18 de junho de 1919Estoril, 18 de abril de 2011), foi a quinta e última filha de Dom Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança, príncipe do Grão-Pará, e de sua esposa, Elisabeth Dobrzensky de Dobrzenicz, filha de Jan Vaclav II, conde de Dobrzensky. Era, pelo lado paterno, bisneta de Dom Pedro II, último imperador do Brasil, e neta de Dona Isabel de Bragança, a última princesa imperial brasileira, e do príncipe imperial consorte, D. Gastão de Orléans, conde d'Eu.

No dia 7 de outubro de 1957, em Sintra, Portugal, ela desposou Ernesto António Maria Martorell y Calderó (1921-1985), um rico empresário espanhol. Eles tiveram duas filhas, Elisabeth (1959) e Núria (1960).

Viveu entre Portugal, França e Brasil, tendo morrido de causas naturais aos 91 anos de idade, em sua residência. Em seu 90º aniversário, Dona Teresa reuniu a família no Estoril. O herdeiro presuntivo ao trono português, Dom Duarte Pio de Bragança, filho do casamento de sua irmã Dona Maria Francisca de Orléans e Bragança com Dom Duarte Nuno de Bragança, lhe dedicou algumas palavras: "Minha tia nos deu durante toda a vida um exemplo de coragem e de coerência. Tem uma vida de dedicação aos mais necessitados", declarou na ocasião[1] . Seu sobrinho, Dom Duarte Pio, é o atual duque de Bragança e, portanto, o chefe da Casa Real portuguesa, reivindicando ser o Rei de Portugal e o Príncipe Real de Portugal.

Referências