Terras checas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Boêmia, Morávia, Silésia Austríaca - 1892, nesta época parte do Império Austro-Húngaro
Boêmia e Morávia-Silésia dentro da Tchecoslováquia em 1928

As Terras checas (em checo: České země) é um termo auxiliar usado principalmente para descrever a combinação da Boêmia, Morávia e Silésia Checa. Hoje, estas três províncias históricas formam a República Checa. As terras checas foram colonizadas pelos celtas (Boios), posteriormente por várias tribos germânicas (Marcomanos, Quados, Lombardos...) até o início do século VII e então pelo eslavos. Os germânicos colonizaram a região por convite de reis boêmios durante a segunda metade do século XIII (em Praga, eles já viviam desde o início do século XII) e viveram ao lado dos eslavos.

O termo "terras checas" tem sido usado para descrever diferentes territórios por diferentes pessoas. Algumas fontes usam o termo para se referir a qualquer território pertencente ao Reino da Boêmia, as Terras da Coroa da Boêmia. Estas incluiriam territórios como a Lusácia (atualmente na Alemanha) e o restante da Silésia, todos governadas a partir de Praga ao mesmo tempo (1292/1327–1635/1742).

A maioria dos textos históricos checos usam o termo da forma acima quando tratam da Idade Média. Outras fontes usam o termo para se referir apenas às áreas centrais checas da Boêmia, Morávia e da antiga Silésia austríaca. Para muitas matérias, uma distinção entre as duas definições não é necessária, uma vez que as terras checas têm sido mais ou menos co-extensivas com a atual República Checa desde o século XVIII.[carece de fontes?]

Boêmia (verde) em relação às atuais regiões da República Checa
Morávia (verde) em relação às atuais regiões da República Checa
Silésia Checa (verde) e os chamados Enclaves morávios na Silésia (vermelho) em relação à atual regiões da República Checa
Brasão da Boêmia
Brasão da Morávia
Brasão da Silésia Checa (anteriormente brasão de armas da Baixa Silésia)

Nomes alternativos[editar | editar código-fonte]

O termo não-auxiliar (ou seja, o termo usado em listas oficiais de terminologias geográficas checas) para a parte checa das terras checas (ou seja, Boêmia, Morávia e Silésia Checa) é Česko. Atualmente, é também a forma reduzida oficial para a República Checa. O termo Česko já estava documentado em 1777. Česko e seus equivalentes estrangeiros (em alemão: Tschechien) são também os termos oficialmente escolhido pelo "Ministério Checo dos Negócios Estrangeiros" desde 1993.[1] No entanto, o termo Czechia não pegou entre os falantes de inglês, da mesma forma que Chéquia no Brasil. O termo Česko também enfrentou resistência temporária dos checos, porém, mais recentemente ele tem sido usado por muitos nativos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Pánek, Jaroslav; Tůma Oldřich et al.. A History of the Czech lands (em inglês). Praga: Karolinum, 2009. ISBN 978-80-246-1645-2


 
Territórios históricos que constituem a Chéquia
Flag of the Czech Republic.svg
CZ-cleneni-Cechy-wl.png CZ-cleneni-Morava-wl.png CZ-cleneni-Slezsko-wl.png
Boémia Morávia Silésia Checa
Flag of Bohemia.svg Flag of Moravia.svg Flag of Czech Silesia.svg